Festa de São Sebastião está chegando

9 janeiro, 2023

De 11 a 20 de janeiro a paróquia São Sebastião do Alto Guandu, em Afonso Claudio, celebra a festa do seu padroeiro, mártir e patrono contra a peste, a fome e a guerra. Esta será a 124ª edição da festa de São Sebastião, na paróquia que foi criada em 1899 e é a maior em número de comunidades no território da Arquidiocese de Vitória: no total são 36.

Todos os dias às 19h30 será celebrada uma missa dentro da novena, cada dia com padres convidados, refletindo temas ligados ao padroeiro. A paróquia Nossa Senhora de Lourdes, de Afonso Cláudio; a Comunidade São Valentim, da paróquia Nossa Senhora de Fátima e a paróquia Bom Pastor, da Serra, também estarão celebrando com a paróquia durante toda a programação. Está sendo comercializado itens de devoção ao Padroeiro São Sebastião como recipiente de água benta, vela de 7 dias, camisa, fitinhas, banner entre outros.

Esse ano a festa irá ter um diferencial no dia 14/01, a Cavalgada de São Sebastião que terá saída ás 08:00h do Parque de Exposições da cidade à Pousada Acapulco, ás 11:00h Missa Sertaneja e finalizando com almoço. Também no dia 15/01 ás 07:50h irá acontecer a segunda edição do Pedala São Sebastião com inscrições pelo site da paróquia ou na secretaria paroquial.

Padre Rodrigo Chagas é o Administrador Paroquial da paróquia há dois anos e afirma que o povo de Afonso Claudio tem uma devoção muito grande ao seu padroeiro e tudo começou quando ainda eram província do Rio de Janeiro. Como São Sebastião é o padroeiro desse estado, chegou à cidade junto com os colonizadores italianos, essa grande devoção ao mártir.

“A devoção de São Sebastião em nossa paróquia é muito bonita, acho até interessante porque não conseguimos ver isso em algumas de nossas paróquias. Aqui não por mais que é uma paróquia grande com 36 comunidades, mesmo assim todas as comunidades têm uma devoção muito grande ao padroeiro. Ainda mais que ele é invocado como o protetor das pestes sobre as plantações, como aqui temos muito agricultores e o povo invoca muito ele para proteger as plantações e dar uma boa colheita”.

Sobre sua experiência como administrador paroquial, padre Rodrigo afirma que está sendo muito boa: “o povo do interior é fantástico que responde muito bem ao projeto de evangelização. Com a sua simplicidade e suas devoções demonstram com muito amor e carinho o seu amor por Deus e pelos santos de devoção. O povo é muito animado e de muita Fé e isso anima o padre a deixar viva essa Fé”. Além de São Sebastião, o povo tem muita devoção à Nossa Senhora de Lourdes, devoção deixada pelo Monsenhor Paulo de Tarso, um grande homem missionário que passou pelo município. Teremos uma festa muito bonita com a presença de padres convidados, para todos os fiéis celebrar essa linda festa, finaliza para Rodrigo.

História do Santo

São Sebastião é um santo muito importante para o início da Igreja. No tempo do imperador Diocleciano no final do século III, ele era um soldado do imperador, mas desde pequeno era cristão. Diocleciano foi um dos piores imperadores na questão da perseguição ao cristianismo e mesmo ele sendo soldado desse imperador perverso Sebastião não tinha medo de pregar o evangelho, inclusive converteu vários soldados com suas inúmeras pregações.

Diocleciano vendo o trabalho de evangelização de São Sebastião pediu que ele fosse morto de uma forma bem cruel para que todos pudessem ver e não seguir o seu exemplo. O soldado foi amarrado no tronco e flechado por seus próprios amigos. Mesmo assim ele resistiu, foi resgatado por uma senhora e continuou a pregar o evangelho sendo novamente preso e açoitado até a morte. E Diocleciano para evitar que o povo resgatasse o corpo dele e venerasse como Mártir da Igreja, mandou que jogassem no esgoto de Roma. Uma mulher teve uma visão pedindo que resgatassem o corpo de Sebastião do esgoto de Roma e ele então foi sepultado nas catacumbas de Roma ao lado das relíquias de São Paulo e São Pedro.

Compartilhe:

VÍDEOS

sábado 4 fevereiro
domingo 5 fevereiro
Nenhum evento encontrado!

Facebook