Quem pratica religião de aparência engana a si próprio

Gl 5, 18-25 | Sl 1 | Lc 11,42-46

É preciso romper com tudo que desagrada a Deus, disse dom Dario Campos, arcebispo de Vitória na homilia de hoje que propõe a leitura de São Paulo aos Gálatas com uma série de atitudes que desagradam a Deus e outras que agradam. Entre as que desagradam estão o ódio, o ciúme, a discórdia, a ira, a rivalidade, a divisão e a inveja e entre as que agradam a Deus estão a bondade, o amor, a alegria, a paciência, a paz, a benevolência, a fé, a mansidão e o domínio de si.

O arcebispo acrescentou mazelas de hoje que nos afastam de Deus: as fake news, falar mal do irmão e fazer montagens com imagens de coisas que a pessoa não fez ou não disse. Do Evangelho, dom Dario traduziu o ensinamento desta forma: “a prática religiosa não pode ser aparência, mas testemunho. Quem pratica religião de aparência engana a si próprio. Nosso procedimento deve ser pautado no amor e na caridade sem julgar ninguém”. Escute a homilia no anexo.

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por