Nossa Padroeira

Nossa Senhora da Penha

A imagem de Nossa Senhora da Penha que se venera no altar-mor do Convento em Vila Velha – ES, foi encomendada de Portugal por ordem do fundador do convento, Frei Pedro Palácios, em 1569. Suas vestes inspiraram o Dr. Jerônimo Monteiro – então governador do Espírito Santo – a estabelecer em 1908 as mesmas cores para a bandeira do Estado. Em 1947, quando a bandeira foi oficializada, o vermelho do manto da padroeira foi trocado definitivamente pela cor rosa. 

O Menino Jesus no colo de Nossa Senhora da Penha é a razão pela qual a Virgem Maria é Senhora, rainha e mãe da humanidade. A imagem do Menino Jesus também carrega símbolos como o cetro na mão direita e o globo na esquerda, como afirmação de sua realeza. 

Nossa Senhora da Penha é padroeira do Seminário Arquidiocesano, pois, além de estar carinhosamente presente na religiosidade do povo capixaba; ao tempo em que o Seminário foi fundado, em 1951, desde o casarão se podia contemplar o Convento da Penha e era costume de todas as noites voltarem-se todos a ele para elevar louvores e preces. 

“Mais sacerdotes. Oh! Mãe envia! Sábios e santos, Ave Maria!” (Trecho do Hino a Nossa Senhora da Penha)