Santa Teresa de Calcutá

5 setembro, 2021

Santa Teresa de Calcutá foi uma grande missionária, fundadora da Congregação Missionárias da Caridade e defensora da família e dos pobres. Foi canonizada em 04 de setembro de 2016, em Roma, pelo Papa Francisco, tendo sua festa litúrgica celebrada hoje (05).

Na Arquidiocese de Vitória, uma paróquia foi dedicada a Santa Teresa de Calcutá no ano de 2017, no bairro Itararé, em Vitória. Além da Matriz, são 10 comunidades que pertencem a esta Igreja particular – localizada no Território do Bem e que abrange o Morro de São Benedito, Morro do Jaburu, Bairro da Penha, Engenharia e Gurigica. O pároco é padre Kelder Brandão.

A criação da paróquia foi feita por Dom Luiz Mancilha Vilela, Arcebispo Metropolitano na época, após uma visita pastoral em que ficou muito sensibilizado com a região, que tinha uma característica missionária. As Irmãs Missionárias da Caridade – conhecidas como irmãs de Calcutá – já realizavam há 30 anos um trabalho missionário no local.

Na programação da festa da padroeira foi realizada desde o dia 25 de agosto uma onzena com a Santa Missa todos os dias refletindo sobre Santa Teresa de Calcutá. Essa onzena aconteceu nas comunidades que fazem parte da paróquia e se encerra hoje, às 9h, com a missa festiva na Igreja Matriz.

Durante todos esses dias a relíquia de 1° grau de Santa Teresa de Calcutá, um fio de cabelo, percorreu todas as 11 comunidades. Ao fim de cada celebração os fiéis que levaram as garrafinhas de água, que foram abençoadas. O sentido dessa ação é que enquanto ainda era madre, Santa Teresa de Calcutá, se deparou com um irmão pobre de rua que lhe disse: “Tenho sede! ” E partir daí ela entendeu que sua missão era saciar a sede do próximo.

Paz e Pão

No decorrer onzena foram arrecadados alimentos para a Campanha Paz e Pão da Arquidiocese de Vitória. Essa campanha surgiu no território da paróquia Santa Teresa de Calcutá e se tornou tão importante que foi abraçada a nível Arquidiocesano. Segundo padre Kelder esta iniciativa é uma resposta em que a Igreja Católica junto de outras igrejas e religiões busca dar neste momento tão difícil.

“O Brasil vive um dos momentos mais dramáticos da sua história recente. A gente já vinha enfrentando uma crise institucional, política e econômica e foi agravada e muito com a chegada da pandemia de Covid-19. Isso impactou profundamente a vida dos pobres no Brasil, então hoje, mais da metade da população convive com a insegurança alimentar. Temos cerca de 30 milhões de pessoas que passam fome todos os dias e cerca de 20 milhões de pessoas vivem abaixo do índice da linha da pobreza, o que significa que tem muita gente passando fome e esse cenário não tende a mudar nos próximos anos”.

Com este cenário o sacerdote reforça que é muito importante que todas as instituições religiosas, civis, movimentos sindicais, associações e poder público se voltem para essa população empobrecida e que está sofrendo diariamente com o flagelo da fome, por isso a Campanha Paz e Pão foi criada:

“E ela é permanente e já tem feito muita diferença na vida das pessoas com a entrega das cestas básicas e também com as formações que tem acontecido nas Áreas Pastorais e paróquias da Arquidiocese de Vitória, além da pressão junto ao poder público para que se desenvolvam políticas adequadas para erradicação da fome e isso é um sopro de esperança na vida de centenas de milhares de pessoas”.

Confira o vídeo do pároco padre Kelder sobre Santa Teresa de Calcutá.

Anexos

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

sexta-feira 8 julho
domingo 10 julho
terça-feira 12 julho
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por