Santa Teresinha das rosas e do grande amor por Jesus

1 outubro, 2020

A festa de Santa Teresinha do Menino Jesus, uma das santas mais populares que a Igreja possui no mundo inteiro, é celebrada nesta quarta-feira (1). Nascida em 1873, na França, desde muito pequena Teresa dedicou sua a vida à Igreja e ao amor à Jesus. Com apenas 15 anos entrou para o Carmelo, em Lisieux, com a autorização do Papa Leão XIII e deixou escritos, poesias e orações. Santa Teresinha também é muito conhecida pela devoção da Novena das Rosas

 

Na Arquidiocese de Vitória há 65 anos existe uma paróquia dedicada a Santa Teresinha, em Paul, Vila Velha. Durante todo esse tempo ela foi conduzida por congregações religiosas sendo pelos Passionistas até o ano de 2007 e desde então pelos Missionários do Sagrado Coração de Jesus que assumiram sua coordenação há 13 anos. A paróquia tem como pároco padre Cícero Machado Ribeiro e é formada por 14 comunidades que pertencem a quatro bairros: Paul, São Torquato, Ilha das Flores e Garrido. Padre Cícero afirma que a devoção a Santa Teresinha é imensa e explica a ligação com as rosas.

 

“Santa Teresinha tinha um amor muito grande por Jesus e então ela era chamada a florzinha do Carmelo. O pai dela desde pequenininha a chamava de florzinha e deu uma mudinha de rosas para que ela levasse ao convento, onde ela plantou essa muda e sempre oferecia as rosas que desabrochavam para seu grande amor apaixonado que era Jesus. E ela pediu a Jesus para que quando ela partisse dessa terra – pois ela tinha uma saúde muito frágil e sabia que sua vida não seria muito longa – todas as pessoas que recorressem à sua intercessão, recebessem uma rosa se Jesus aceitasse aquele pedido.”

 

O pároco também explica que Santa Teresinha prometeu chuva de bençãos de rosas a quem tivesse o mesmo amor por Jesus Cristo e caísse nas graças de Deus, recebendo no tempo certo o pedido que fez a ela. A partir disso as pessoas esperam receber uma rosa ocasional, durante os dias da novena: “nós temos muitos testemunhos de pessoas que receberam essas rosas. Acontece também de as pessoas sentirem o cheiro das rosas em casa, um sinal de que ela recebeu de Deus aquela Graça. Por isso a gente chama Santa Teresinha do Menino Jesus, da Sagrada Face e Santa Teresinha das Rosas”.

 

Em tempos normais a festa da padroeira reúne milhares de fiéis em Paul, mas neste ano pandêmico a programação precisou ser alterada. A novena e as missas foram transmitidas pelas redes sociais e para participar presencialmente – dentro da Igreja matriz e no salão paroquial onde foi colocado um telão – as pessoas se inscreveram com antecedência.

 

O tradicional Baile das Rosas também não aconteceu neste ano, mas para marcar a ocasião foi realizada uma live com músicos católicos e durante o evento virtual as pessoas compraram um combo de lanche. No último domingo foi realizado o almoço comunitário, mas sem a aglomeração de pessoas e tudo no formato drive-thru.

 

Hoje ao meio-dia acontece a missa dos devotos e logo após será servido o bolo de Santa Teresinha com a medalhinha. As 15h terá missa e às 18h será realizada uma carreata com a imagem da padroeira saindo da matriz e visitando os 4 bairros que abrangem a paróquia. As 19h30, missa solene de encerramento da festa com transmissão pelo Facebook:  https://www.facebook.com/pg/santateresinhapaul

 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

domingo 5 dezembro
terça-feira 7 dezembro
quarta-feira 8 dezembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por