Você conhece a tradição da Folia de Reis?

6 janeiro, 2021

A Folia de Reis – uma tradição da cultura popular – é celebrada hoje (06). O folguedo acontece há muitos anos em Nova Almeida – onde existe na Arquidiocese de Vitória uma paróquia dedicada à Epifania do Senhor aos Reis Magos – e desde 2016 pela lei 4.469 é patrimônio imaterial do município de Serra. Consiste na manifestação popular folclórica pela qual se celebra o nascimento de Jesus Cristo e os Reis Magos Gaspar, Melquior e Baltazar que foram ao encontro do menino Jesus para adorá-lo, guiados pela estrela que viram no Oriente.

 

Padre André de Paiva Oliveira é pároco da paróquia desde abril de 2020 e explica sobre como acontece a Folia de Reis todos os anos: “Entra um pouco do imaginário popular, existe a questão das vestes que são típicas, animadas, festivas e acontece a caminhada com cânticos natalinos. Mas o cume de toda essa celebração é dentro da Igreja diante do presépio onde os representantes dos Reis Magos realizam a sua adoração e devoção.”

Para marcar a festa, os paroquianos costumam realizar o tríduo antes da solenidade da Epifania, mas devido a pandemia neste ano, eles inovaram e realizaram uma novena de forma híbrida. O pároco explica que todas as celebrações estão acontecendo de forma híbrida, com poucas pessoas no templo presencialmente e com um telão na frente da Igreja com a transmissão do canal do Youtube.

 

Hoje às 19h30 acontece a missa festiva e com a impossibilidade da aglomeração de pessoas para a realização do folguedo, padre André explica que será exibido um pequeno vídeo após a Eucaristia, com imagens de anos anteriores em homenagem a Folia Reis e para que as pessoas mantenham viva a recordação.

 

Paróquia da Epifania do Senhor aos Reis Magos

 

A Igreja é histórica. Foi fundada no ano de 1580 e atualmente é tombada como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo IPHAN, sendo também um dos principais projetos arquitetônicos jesuítas no País. Padre André explica que que ela se tornou um marco referencial para a então sede naquela época do que é hoje o município de Serra, no distrito de Nova Almeida e que essa tradição em torno dos reis magos nasceu naturalmente com o tempo.

“Já no século XVI as pessoas têm relatos dos festejos no entorno dessa Igreja, além do sítio histórico. Temos observado que é algo como um DNA religioso porque a folia de reis se tornou um costume familiar. E ela se desdobra, passa do dia 6 da Epifania do Senhor e renasce no dia 20 de janeiro com a festa de São Sebastião e São Benedito, com toda a tradição folclórica e os folguedos. Essa demonstração de Fé da Epifania é a maior manifestação, a revelação da Glória de Deus na pessoa do menino Jesus e também é contada a partir da história dos santos.” detalha o pároco.

Ele também enfatiza que é uma paróquia que resistiu ao tempo, pois esteve supressa, passando a pertencer a paróquia São Pedro, em Jacaraípe, por um período e de 2012 até os dias atuais ela se reanimou novamente como uma comunidade paroquial, se tornando uma história recente de superação e de resiliência da Fé.

 

É uma paróquia com grande concentração de comunidades. São 11 no total contando com a matriz e está dividida em 3 setores: Praia Grande com 3 comunidades – Bom Pastor, Nossa Senhora da Penha e Nossa Senhora Aparecida; Serra Mar com 3 comunidades – Santa Mãe de Deus, Santíssima Trindade e Nossa Senhora das Graças – e o setor Nova Almeida, onde está a Matriz e as comunidades São Sebastião, Santa Rita, São João Batista e Divino Espírito Santo.  Além disso, por ficar em uma região litorânea, a Igreja sempre conta com a chegada de turistas que vão agregando ao povo paroquial.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 29 julho
sábado 31 julho
domingo 1 agosto
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por