A realidade da pobreza no Brasil

15 novembro, 2021

Bispos do Brasil irão expor a realidade da pobreza em suas regiões dando sequência à reflexão sobre o Dia do Pobre, celebrado no domingo, 14 de novembro. Acompanhe pelos canais do Santuário de Aparecida: Os episódios serão veiculados a partir desta segunda-feira, 15 de novembro, na Rede Aparecida de Rádio, nos jornais Notícias em 30 (1ª e 2ª edição, às 7h e 17h30) e também no programa Com a Mãe Aparecida (20h45), pelo portal a12.com/radio, aplicativo Aparecida, além do Youtube e Facebook da emissora. A série contou reportagem de Fernanda Prado e Rafaela Oliveira; edição de jornalismo de José Eduardo Souza; trabalhos técnicos de Marcos Prado e direção do padre Inácio Medeiros.

Leia abaixo a matéria publicada no site da CNBB.

De 15 a 19 de novembro, bispos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre eles o bispo de Roraima, segundo vice-presidente da CNBB e presidente da Cáritas Brasileira, dom Mário Antônio, vão apresentar na série “Brasil: face que clama por misericórdia”, o olhar da Igreja Católica diante da realidade da pobreza no Brasil em especial da Rádio Aparecida.

Em sintonia com a V Jornada Mundial dos Pobres, instituía pelo Papa Francisco, a série de áudio-reportagens traz a realidade da pobreza em nosso país. Os cinco episódios vão abordar como destaque os conceitos que rodeiam o tema, a situação das famílias em vulnerabilidade, o impacto da pandemia, a relação com a violência e o preconceito, o papel governamental e a importância da compaixão.

A jornada deste ano faz um convite para que não haja indiferença frente ao sofrimento das pessoas em situação de vulnerabilidade e à crescente pobreza socioeconômica, que assola mais 51,9 milhões de brasileiros e brasileiras.

O editor chefe da Rádio Aparecida, José Eduardo de Souza, disse que a partir da Jornada Mundial dos Pobres e da mensagem do Papa Francisco a equipe percebeu uma oportunidade de tratar do tema pobreza de forma ampla.

“Ouvimos pessoas que enfrentam essa realidade diariamente e contamos com a ajuda de especialistas e dos bispos para apresentar, em cada um dos episódios, o olhar da igreja, que nos motiva a ter esperança de dias melhores”, destacou.

A cada dia, bispos ligados a esta realidade vão debater diferentes temas ligados à pobreza. No primeiro episódio ‘Conceito de pobreza em si, olhar da igreja’, que vai ao ar na próxima segunda-feira, dia 15 de novembro, o bispo da diocese de Brejo (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sóciotransformadora da CNBB, dom José Valdeci, destaca o papel da Jornada Mundial dos Pobres.

Episódios

‘Famílias que entraram em vulnerabilidade, agravamento da pandemia’ é o tema do segundo episódio que traz a participação do bispo de Jales (SP) e referencial da CNBB para a Pastoral Operária Nacional, dom Reginaldo Andrietta, que fala sobre o modelo econômico da sociedade e do bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, dom Ricardo Hoepers, que ressaltou a importância da união e da família em tempos difíceis.

No terceiro episódio ‘Excluídos da Sociedade e relação entre violência e pobreza’, o bispo de Valença (RJ) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, dom Nelson Francelino, destaca o respeito do impacto da pobreza e da falta de assistência na vida do Jovem.

Na sequência, o ‘Papel Governamental e políticas públicas para combate à pobreza’ é apresentado pelo bispo da diocese de Lages (SC) e presidente do Grupo de Trabalho – Pacto pela Vida e pelo Brasil, dom Guilherme Werlang, que ponta políticas públicas que são necessárias para que a pobreza seja superada e pelo assessor político da CNBB, padre Paulo Renato, que explica qual precisa ser o papel do Estado na vida das pessoas mais necessitadas.

Para fechar a série, no dia 19, o bispo de Roraima, segundo vice-presidente da CNBB e presidente da Cáritas Brasileira, dom Mário Antônio, destaca a caridade e o papel dos organismos da igreja no episódio ‘Solidariedade e compaixão na prática’. Também foi ouvido o Padre Patrick Samuel Batista, coordenador de campanhas da CNBB, a respeito da campanha “É tempo de Cuidar”.

A série de áudio-reportagens conta ainda com a participação de especialistas no assunto, pessoas que vivem a pobreza na pele, pastorais e instituições como o Instituto Sou da Paz, Cáritas Brasileira e Fazenda Esperança que também lançam perspectivas e apresentam sugestões para a solução de problemas estruturais.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quarta-feira 26 janeiro
sábado 29 janeiro
domingo 30 janeiro
terça-feira 1 fevereiro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por