Arcebispo faz sua primeira reunião de pastoral on-line

28 maio, 2020

A reunião pastoral da Colegiada, como nós chamamos, e que é composta pelo arcebispo, coordenadores de área pastoral, vigários episcopais, coordenador de pastoral e coordenadores das comissões pastorais, aconteceu hoje, 28 de maio, pela manhã e pela primeira vez online.

A ocasião serviu para partilhas das experiências de evangelização em tempos de pandemia e algumas orientações e informações pastorais.

O Arcebispo, dom Dario Campos iniciou citando o tema da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos: “Gentileza gera gentileza”, e fez um agradecimento a todos pela manutenção da unidade nestes tempos de pandemia, estando junto dos irmãos que sofrem, e manifestando a solidariedade a todos os trabalhadores, aos profissionais de saúde que estão chegando à exaustão, às famílias que perderam seus entes queridos, e aos que trabalham nos cemitérios, acompanhando os falecidos em seu sepultamento. Devemos manter a tranquilidade e a paz, levando esperança, paz e ternura, disse dom Dario.

Entre as orientações foi pedido aos padres que não levem frascos para a Cerimônia dos santos Óleos, pois todos receberão frascos iguais, providenciados pelo departamento de pastoral, que serão preparados com todas as precauções e cuidados necessários.

Entre os informes os destaques vieram da Comissão de Catequese sobre o grupo de whatsapp formado pelos representantes das áreas pastorais para partilhar ideias e experiências. Informação sobre o novo site que traz a possibilidades para que Áreas Pastorais, Comissões e Paróquias possam divulgar seus trabalhos de evangelização, após terminar a implantação que está em curso. A prestação de contas sobre a Campanha Condividir. A notícia de que o Plano de Pastoral já está impresso, mas aguarda o fim da pandemia para ser entregue, e, informação do Vicariato para a Ação Social que suspendeu todas as atividades das pastorais exceto a Pastoral do Povo de Rua.

Pe. Renato Criste, coordenador de pastoral, respondeu a três perguntas:

1) O que a reunião da Colegiada trouxe de novo para a ação pastoral em tempos de pandemia?

Provavelmente esta foi a primeira reunião na modalidade on-line e bem sucedida. Potencializar o uso desses instrumentos que já existiam antes da pandemia acelera um futuro que já estamos vivendo. E a ação pastoral não pode ficar de fora dessas transformações. Devemos estar atentos e abertos às mudanças, a fim, de tornar nosso trabalho mais abrangente e eficiente. Após a crise do coronavírus o mundo não será mais o mesmo. Este tempo é também um kairós, é necessário ouvir o que Deus quer de nós? A resposta é pessoal, mas certamente a igreja deve ser cada vez mais evangelizadora, uma igreja “em saída”, que não se acomoda. 

2) Que desafios e soluções os coordenadores de área pastoral e das comissões trouxeram para a reunião?

Não tivemos tempo de nos planejar, a pandemia chegou e atingiu a todos. No começo ficamos parados observando e buscando entender o que está se passando e ainda, sempre na expectativa de que logo vai passar. Então, ser criativos e se reinventar em tempos de isolamento é o maior desafio. Manter os agentes animados através das redes sociais e lives, produzir durante esse tempo sem encontros pastorais, compartilhar bons conteúdos são algumas propostas para os coordenadores. Também atualizar nosso site e aproveitar melhor os canais de comunicação da AVES para estarmos mais próximos uns dos outros. 

3) De todas as partilhas o que mais chamou sua atenção como coordenador de pastoral?

De tudo o que me chamou a atenção é o desejo de estarmos juntos compartilhando as pessoas experiências, tanto que uma nova reunião nessa modalidade já foi marcada (quinta-feira próxima). Queremos aprofundar ainda mais a reflexão sobre as perspectivas pastorais para a igreja de Vitória em tempos de pandemia e as suas consequências.

A Secretária Executiva do Departamento de Pastoral, Fabíola Limeira, que participou da reunião pela primeira vez, fez duas observações:

1. Como secretária do Departamento de Pastoral qual foi sua sensação ao participar da primeira reunião no formato virtual? 

Por mais incrível que possa parecer, tive a sensação de muito calor humano, de tranquilidade, embora em tempos de pandemia, de unidade de pensamento, mesmo com opiniões diversas. 16 pessoas presentes, unidas online, e tão distantes fisicamente… Unidas para avaliar as perspectivas pastorais para a Igreja de Vitória neste momento tão sofrido…

Esta foi, como disse Padre Renato, uma reunião histórica! A primeira reunião arquidiocesana on line!  

2. O que mais a alegrou ou surpreendeu?.

A alegria veio de uma reunião tão produtiva! A surpresa veio nas palavras de alguns, que mesmo não familiarizados com essa nova modalidade de encontro, conseguiram se manifestar com muita tranquilidade. Sabe uma família, se reunindo para contar o que está fazendo, como está superando as dificuldades, condoendo-se com as tristezas do dia-a-dia? Pois é, assim foi a reunião da Colegiada hoje, a família da Arquidiocese de Vitória, refletindo a sua ação pastoral nestes tempos sombrios, mas, ao mesmo tempo, de muita confiança em Deus, que nos guarda e nos guia, sempre.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

sábado 19 junho
segunda-feira 21 junho
quinta-feira 24 junho
sábado 26 junho
Nenhum evento encontrado!

Facebook