Basta para o tráfico de armas

25 maio, 2022

Na audiência de hoje, 25 de maio de 2022, o Papa Francisco falou sobre o ataque em escola no Texas. Leia a matéria publicada no site do Vaticano:

O apelo de Francisco após a catequese na audiência geral desta quarta-feira (25): “Meu coração está abalado pelo massacre na escola primária do Texas. Eu rezo pelas crianças, pelos adultos mortos e por suas famílias. É hora de dizer basta para o tráfico indiscriminado de armas! Devemos nos comprometer para que tais tragédias nunca mais possam acontecer”.

“É hora de dizer basta para o tráfico indiscriminado de armas. Devemos nos comprometer para que tais tragédias nunca mais possam acontecer”: são palavras do Papa nesta manhã de quarta-feira (25), após sua catequese na Audiência Geral na Praça São Pedro.

Cardeal Cupich: lamentamos, mas devemos agir

A reação dos bispos estadunidenses foi imediata, em particular o Cardeal Blase Cupich, Arcebispo de Chicago, condenou as leis sobre a posse de armas: “Devemos chorar e nos aprofundarmos na dor… mas depois devemos estar prontos para agir”. Já passaram dez anos desde o massacre de Sandy Cook, também uma escola primária, na qual 20 das 26 vítimas eram crianças. Recordando aquela e as muitas outras tragédias que ocorreram nos Estados Unidos nos últimos anos, o prelado se perguntou: o que esperamos para nossos filhos? Que, como regulamento de sua escola, aprendem a se comportar no caso de um ataque armado? Que se sintam em perigo simplesmente fazendo o que a sociedade diz ser um bem para eles: ir à escola? Que chegam a se questionar se têm futuro?”.

“Temos mais armas de fogo do que pessoas”

Dom Cupich, apoiado por todos os bispos dos Estados Unidos, pediu a todos que imaginassem “ser um pai ou uma mãe com um filho naquela escola”, e depois: “imaginem ter que enterrá-los”. Todo o país está cheio de armas. “Temos mais armas de fogo do que pessoas”, afirma ainda Dom Cupich. Embora nem sempre tenha sido assim, “os tiroteios em massa se tornaram uma realidade diária nos Estados Unidos de hoje”. “O direito de posse de armas nunca será mais importante do que o vida humana”, conclui Dom Cupich, acrescentando: “Nossos filhos também têm direitos. E nossos agentes eleitos têm o dever moral de protegê-los”.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

terça-feira 5 julho
quarta-feira 6 julho
quinta-feira 7 julho
sexta-feira 8 julho
domingo 10 julho
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por