Candidato de Serra é entrevistado

Na tarde de hoje aconteceu a terceira entrevista com os candidatos das eleições municipais 2020 da Grande Vitória. O convidado foi Sérgio Vidigal (PDT), que deseja retomar o comando da prefeitura da Serra. Vidigal chegou atrasado e a conversa que deveria começar às 14h, começou às 14h15, sendo finalizada às 14h40, conforme as regras da sabatina.

Padre Anderson Gomes começou o bate papo com a pergunta: “porque o senhor quer ser prefeito?” e Sérgio Vidigal respondeu esse e outros questionamentos sobre as eleições deste ano, suas propostas para a saúde, mobilidade urbana, violência doméstica e feminicídio, além de falar sobre a vida pública. O candidato afirmou que quer vencer essa eleição e ao terminar esse mandato, também vai encerrar sua vida pública, não tentando uma reeleição e focando na medicina e na sua profissão de psiquiatra.

No sorteio das perguntas feitas pelos padres da Arquidiocese de Vitória o candidato foi questionado sobre a Encíclica Laudato Si, do Papa Francisco. A pergunta cita que ela conclama o mundo para modificar suas atitudes para preservar o meio ambiente e a vida na terra e indaga sobre qual é o principal projeto do candidato para o meio ambiente. De início Vidigal já declarou sua admiração pelo Papa Francisco e afirmou que mesmo sendo evangélico, de outra denominação, tem uma simpatia muito grande pela forma que o Papa exerce o seu ministério.

“Quando fomos construir o novo projeto da cidade nós definimos a Serra em 4 eixos: humana, inteligente e digital, criativa e sustentável. Por que uma cidade sustentável? A gente não defende a degradação do meio ambiente. A possibilidade de preservar o meio ambiente é de também servir de instrumento de trabalho e renda. Nossa proposta é despoluir o nosso Complexo Jacumã e ao mesmo tempo preservar o meio ambiente criando mecanismos para gerar oportunidades de trabalho para a população”.

Outra indagação foi sobre plano de governo do candidato que tem 3 páginas falando sobre a saúde. Sobre os planos específicos para essa área Sérgio Vidigal destacou que “a prioridade da gestão pública do município é saúde primária. Vamos colocar a gestão básica para funcionar. Hoje na nossa atenção básica não temos falta de unidades. Na Serra nós temos 39 unidades de saúde e o que falta é a resolutividade. Falta profissional, falta pediatra, falta clínico geral, falta obstetra. Outro problema que nós temos é a estratégia da família, porque é um programa importante que só temos 30% de cobertura. E quando eu falo tudo isso é porque a gente acaba superlotando nossas UPAS para fazer um atendimento que poderia ser resolvido na atenção básica”.    

A série de entrevistas especiais continua nesta quinta-feira (26). O primeiro entrevistado do dia será o candidato à prefeitura da capital Delegado Pazolini (Republicanos), a partir das 9h. Já à tarde, Euclério Sampaio (DEM), que disputa a prefeitura de Cariacica será o sabatinado. Acompanhe pela rádio América 91,1 FM e 690 AM e também pelo Youtube: www.youtube.com/arquivitoria.      

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
domingo 18 abril
sexta-feira 23 abril
terça-feira 27 abril
quarta-feira 28 abril
Nenhum evento encontrado!