CELEBRAÇÃO DO DIA DO DIÁCONO PERMANENTE

12 agosto, 2022

Em agosto a Igreja Católica celebra o mês das vocações, e sendo o dia 10 a Festa de São Lourenço, Diácono e mártir, acaba se tornando essa uma data propícia para se comemorar a vocação ao Diaconato Permanente.

Por isso, na noite dessa quarta feira (10), a Comissão Arquidiocesana dos Diáconos de Vitória ES (CAD), organizou um momento celebrativo em comemoração ao ministério de todos os Diáconos Permanentes da Arquidiocese.

Em Missa presidida pelo nosso Bispo Auxiliar, Dom Andherson Franklin, e concelebrada pelos padres Márcio Ferreira, Victor Noronha, Robinson Castro, José Ricardo, além do nosso anfitrião Pe Celso Nogueira. A Missa aconteceu na paróquia São Francisco de Assis em Jardim da Penha Vitória-ES, e nessa oportunidade um expressivo número de diáconos com suas respectivas esposas e filhos, foram amavelmente acolhidos e saudados, tanto pelos fiéis quanto pelos sacerdotes ali presentes.

Em sua homilia Dom Andherson destacou a íntima e indissolúvel relação entre o Mestre e seus discípulos, na qual Nosso Senhor nos assegura “onde eu estou estará também o meu servo” (Jo 12, 26). E assim, nos leva a refletir Dom Andherson: devemos a exemplo de Jesus, ser como o grão de trigo que cai na terra, morre (morre para o mundo e abre-se para Deus) e assim produz muito fruto. Dirigindo-se especificamente aos Diáconos, o Bispo Auxiliar de Vitória fez questão de primeiramente agradecê-los pelo exercício do seu ministério, que produz bons frutos na Igreja de Vitória. Destacou também o belo testemunho que cada Diácono Permanente junto com suas respectivas famílias proporcionam à igreja e ao mundo. Dom Andherson Franklin recordou-nos que o ministério do diácono é mercado pelo ‘tripé’ Liturgia, Palavra e Caridade, mas pediu aos diáconos que com mais intensidade dediquem-se ao exercício continuo e esperançoso da prática da caridade, sobretudo aos pobres.

Ao final da Missa Pe Márcio Ferreira, diretor da Escola Diaconal São Lourenço, apresentou oficialmente os cinco novos aspirantes da Escola Diaconal que estão concluindo o Propedêutico e assim iniciam na Teologia, para que percorrendo o caminho dos estudos façam também, juntamente com seus formadores, o necessário discernimento acerca da vocação ao diaconato. Cada um deles recebeu o acolhimento da Igreja pelas mãos do Bispo Auxiliar de nossa Arquidiocese.

Nessa noite foi também apresentada a nova mesa diretora da CAD, iniciando dessa forma sua trajetória que terá duração prevista de 2 anos. Nessa oportunidade, Dom Andherson agradeceu amavelmente aqueles que estiveram a frente da coordenação da CAD, sobretudo em tempos difíceis como o que recentemente passamos, e desejou sucesso os que agora iniciam seu trabalho nessa Comissão.

O Diác Marcos Rezende, presidente da CRD-Leste 3, não pode estar fisicamente presente, pois ele estava na Assembleia Nacional dos Diáconos, porém sua presença foi simbolicamente marcada por meio de uma carta lida ao final pelo secretário da CAD, Diác Renan Loyola.
Vale destacar também a presença do Diác Éder Hoffman, que está transitoriamente passando pelo ministério e no dia 03 de setembro será ordenado presbítero, e depois será acolhido como vigário na Par. São Francisco de Assis em Jardim da Penha.

Após a Missa, os presentes foram convidados a participar de uma singela porém alegre recepção, que torna-se sempre uma excelente oportunidade de reencontros entre amigos, boa conversa e recrudescimento de laços fraternos.

Que Nossa Senhora da Penha, aquela que se fez “a serva do Senhor” (Lc 1, 38) seja sempre o modelo a ser seguido do por todos aqueles que receberam da Igreja o Sacramento da Ordem, “não para o sacerdócio mas para o serviço” (LG 29), imitando sempre a fidelidade e humildade da Mãe do Nosso Redentor, Jesus Cristo.

Compartilhe:

VÍDEOS

sábado 4 fevereiro
domingo 5 fevereiro
Nenhum evento encontrado!

Facebook