Chamados ao matrimônio

12 abril, 2023

A importância do amor, do diálogo, do perdão e da fé no matrimônio. Esse foi o tema central da Missa do terceiro dia do Oitavário da 453ª Festa da Penha, realizada nesta terça-feira (11), no Campinho do Convento da Penha, em Vila Velha. A celebração foi presidida pelo padre Paulo Mercedes de Amorim, das Paróquias São João Batista e Cristo Rei (ambas de Cariacica) e reuniu sacerdotes da Área de Cariacica e Viana, além dos frades e seminaristas.

Na homilia, o Padre Francisco de Paula, missionário passionista da Paróquia Santa Maria Goretti, de Jardim América (Cariacica), norteou sua reflexão em três focos: o chamado ao matrimônio, o sim de Maria e a palavra de Deus. “Com gratidão, ternura e amor, inicio esta reflexão com essa bela antífona da missa de hoje: deu-lhes a água da sabedoria, tornou-se a sua força e, não vacilem, vai exaltá-los para sempre. Aleluia!”

Chamando os fiéis à reflexão sobre os laços do matrimônio, o Missionário Passionista ressaltou que, no relacionamento, um deve dizer sim para o outro e manter um diálogo verdadeiro. Além disso, ele lembrou ser fundamental que o casal tenha paciência, confiança para perdoar um ao outro e também saber esperar a hora para dialogar.

“Por amor a Deus, tudo suporta a dois”, clamou o padre, ressaltando que a essência do matrimônio é o amor, e também saber ouvir e perdoar. Padre Francisco usou uma expressão de Santo Agostinho para ilustrar sua colocação: “Quanto mais grave é o perigo no combate, maior é a graça de Deus em seu triunfo, quanto mais grave é o perigo no combate, tanto maior é a graça de Deus no seu triunfo.”

Veja mais fotos desse dia em nossa galeria de fotos, clicando aqui!

Compartilhe:

VÍDEOS

domingo 19 maio
segunda-feira 20 maio
Nenhum evento encontrado!

Facebook