Como funciona o Instituto Interdiocesano de Filosofia e Teologia

O que é o Interdiocesano?

O Instituto Interdiocesano de Filosofia e Teologia é o local de formação filosófica e teológica dos padres da Província Eclesiástica do Espírito Santo. Está situado na Praia do Suá, próximo à entrada da 3ª Ponte e acolhe os estudantes seminaristas das 4 dioceses do Espírito Santo.

Em final de maio de 2017, com a inauguração do Centro Católico de Estudos, Dom Silvestre Luiz Scandian, o IFTAV, Instituto então administrado pela Arquidiocese de Vitória, inaugurou uma nova fase, sendo assumido pelas 4 dioceses e tornando-se por essa razão interdiocesano. A proposta foi feita pelo então arcebispo de Vitória, dom Luiz Mancilha Vilela e foi acolhida pelos bispos que passaram a ter uma participação nas decisões e encaminhamentos sobre os estudos dos seminaristas. A partir de então, o Instituto saiu do prédio anexo à igreja São Gonçalo no Centro de Vitória e passou a funcionar no Centro Católico de Estudos. O nome do Centro de Estudos é uma homenagem a dom Silvestre, 2º arcebispo de Vitória, hoje falecido, mas que na ocasião esteve presente.

As dioceses de São Mateus, Cachoeiro de Itapemirim e Colatina que junto com a Arquidiocese de Vitória formam a Província Eclesiástica do Espírito Santo, têm na Grande Vitória suas casas de formação: Seminário Maior em Carapina, Seminário Maria Mãe da Igreja em Jr. Tropical e Seminário São João Maria Vianney em Alto Lage, respectivamente, onde os seminaristas ficam durante a semana para frequentar as aulas nos cursos de Filosofia e Teologia. No final de semana os seminaristas voltam para suas dioceses onde estão inseridos na ação pastoral. Cada casa de formação além do grupo de seminaristas acolhe também o reitor e os professores que precisem pernoitar, dado que todas as dioceses têm padres professores do curso de Teologia. A Arquidiocese de Vitória funciona da mesma forma: durante a semana os seminaristas estudam e moram no Seminário Nossa Senhora da Penha e no final de semana estão inseridos nas pastorais nas paróquias. Para o curso de Filosofia “existe um acordo entre o Interdiocesano e a Universidade Católica, ou seja, a Direção/Coordenação do Interdiocesano apresenta nomes de professores e o Arcebispo Metropolitano é quem nomeia o Coordenador do sobredito Curso”. Além disso, na última reunião das 3 anuais que são realizadas com a Direção e Coordenação do Interdiocesano e a presença dos professores, participam também, os professores do curso de Filosofia.

Portanto, os alunos seminaristas das 4 dioceses fazem o curso de Filosofia na Faculdade Salesiana e a Teologia no Instituto Interdiocesano.

Como funciona

Quem explica o funcionamento do Instituto Interdiocesano de Filosofia e Teologia é padre Arthur Francisco J. Santos “O Interdiocesano funciona no espaço do Centro Católico de Estudos Dom Silvestre Luiz Scandian, cujo Grão Chanceler é o Sr. Arcebispo Metropolitano de Vitória.

O Grão Chanceler preside o grupo formado pelos Bispos da Província Eclesiástica, juntamente com os Reitores dos Seminários Maiores e o Diretor do Instituto Interdiocesano, para decisões maiores”.

Hoje os bispos que presidem as dioceses e formam o Conselho do Interdiocesano são: dom Wladimir Lopes Dias, bispo de Colatina, dom Paulo Dal’Bó, bispo de São Mateus e pe. Walter Altoé, administrador diocesano de Cachoeiro de Itapemirim e dom Dario Campos, arcebispo de Vitória.

O Instituto interdiocesano tem como Diretor o padre Hugo Scheer, como coordenador de estudos padre Arthur Francisco dos Santos Juliatti. O corpo de docentes composto por padres das 4 dioceses e professores leigos.

As decisões ordinárias, isto é, o funcionamento das aulas e planejamento “são tomadas pela Direção/Coordenação, nomeada pelo Grão Chanceler, com a presença dos Professores, em três reuniões ordinárias, uma no primeiro semestre letivo e duas no segundo”, disse padre Arthur.

Os alunos

Hoje o Interdiocesano tem 29 alunos, sendo:

11 no 2º período de Teologia – (6 da Arquidiocese de Vitória – 1 de Cachoeiro de Itapemirim – 3 de são Mateus -1 de Colatina).

6 no quarto ano de Teologia – (2 de Colatina – 1 de São Mateus – 1 de Cachoriro de Itapemirim – 2 de Vitória).

4 no sexto período de Teologia – (2 de Vitória – 1 de São Mateus – 1 de Cachoeiro de Itapemirim).

8 no oitavo período de Teologia – (3 de Colatina – 3 de Vitória – 1 de São Mateus – 1da Congregação dos frades Capuchinhos).

O curso é administrado pelo Centro Católico de Estudos, que tem como Diretor o pe. Anderson Gomes e cada aluno paga uma mensalidade em torno de R$ 1.615,00, dependendo da quantidade de disciplinas que frequenta. As despesas são arcadas pelos Seminários, conforme a quantidade de alunos.

Breve Histórico

Em 23 de fevereiro de 1985, dom Silvestre Luiz Scnadian, então arcebispo de Vitória, criou o Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Vitória (IFTAV) com a ideia de poder formar os padres a partir da realidade local. Teve como primeiro Diretor o padre Rubens Duque e iniciou com a participação de seminaristas de Vitória e São Mateus. Depois foi a vez de Cachoeiro e mais tarde Colatina quando se tornou diocese. O atual Diretor do Interdiocesano, padre Hugo Scheer iniciou sua caminhada como professor do IFTAV, sucedeu pe. Ivo Amorim na Direção no final da década de 80 e foi confirmado Diretor pelos bispos das 4 dioceses em 2017 na criação do Interdiocesano.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
domingo 18 abril
sexta-feira 23 abril
terça-feira 27 abril
quarta-feira 28 abril
Nenhum evento encontrado!