Confira a entrevista com candidato a prefeitura de Vitória

O candidato à prefeitura de Vitória, Delegado Pazolini (Republicanos), foi o primeiro entrevistado deste terceiro dia de sabatinas promovidas pelo Vicariato para a Comunicação da Arquidiocese de Vitória. O objetivo da Igreja com estas entrevistas é ajudar na escolha do novo prefeito ou prefeita das cidades de Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra. 

Logo na apresentação Pazolini falou que quer ser prefeito da capital para cuidar melhor das pessoas e destacou sua experiência como auditor do Tribunal de Contas do Espírito Santo. No decorrer da conversa ele respondeu perguntas sobre assuntos como: políticas públicas para os menos favorecidos, investimentos x arrecadação, falta de confiança na política, prioridades para seu governo e sobre a invasão ao hospital Dório Silva, na Serra.

Uma das perguntas sorteadas, feitas pelos padres da Arquidiocese de Vitória, foi em relação as propostas do candidato para idosos e adolescentes. Ele destacou que a capital tem aproximadamente 273 praças e é fundamental que seja reestabelecido o convívio entre as famílias, com políticas públicas que transformem praças que estão abandonadas e seus os equipamentos, principalmente nas comunidades de periferia.

“E o que significa isso? Restaurar essas áreas e em um segundo momento trazer projetos culturais, relativos à produção de cinema, música e teatro para que as crianças e adolescentes se sintam atraídos e naturalmente os pais também terão a curiosidade. E a partir daí essas áreas se tornarão grandes centros de convivências popular. As pessoas terão atrativos para irem até as praças”. 

Ao indagar o candidato sobre as prioridades de seu governo caso seja eleito, padre Anderson destacou o que diz o plano de governo que coloca em primeiro lugar o combate à criminalidade e a impunidade. Pazolini respondeu que as pesquisas que fizeram e a realidade de Vitória mostra que não existe paz e o cidadão não tem o direito de se deslocar e viver, principalmente nas zonas periféricas, nos morros e áreas de maior conflito: 

“A nossa proposta é reestabelecer ou implantar o protagonismo da Guarda Civil Municipal. Aqui pertinho temos municípios da Grande Vitória que estão estabelecendo uma verdadeira revolução. O que significa isso? A Guarda Municipal existe conforme a Constituição Federal que diz que a segurança pública é dever do Estado, mas é responsabilidade de todos. E o estatuto das Guardas Municipais diz que ela não existe só para proteger ou garantir os equipamentos públicos, mas para proteger a vida do cidadão e essa deve ser a prioridade. A Guarda Municipal é uma polícia municipal.”  

A continuação das entrevistas acontece na tarde de hoje. A partir das 14h, o candidato à prefeitura de Cariacica, Euclério Sampaio (DEM), estará no Centro Católico de Estudos conversando com Padre Anderson Gomes ao vivo pela rádio América 91,1 FM e 690 AM e pelo endereço: www.youtube.com.br/arquivitoria. 

Assista novamente a entrevista com o Delegado Pazolini (Republicanos): https://www.youtube.com/watch?v=_iYlrEYMGto

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
domingo 18 abril
sexta-feira 23 abril
terça-feira 27 abril
quarta-feira 28 abril
Nenhum evento encontrado!