Crianças voltam a receber primeira eucaristia

10 outubro, 2020

Assim como os batizados e casamentos, as celebrações de primeira eucaristia voltaram a acontecer nas paróquias da Arquidiocese de Vitória. Ainda vivendo em um período de pandemia, para que as missas aconteçam é necessário o cumprimento de uma série de regras, para que as crianças recebam o corpo e o sangue de Jesus pela primeira vez. 

Na paróquia São Pedro, em Jacaraípe, cerca de 50 crianças, de 7 comunidades, que faziam parte do ciclo de preparação 2019/2020 receberão a primeira comunhão nos dias 18 e 25 de outubro. A celebração estava agendada para o dia 3 de maio deste ano, mas devido a pandemia os planos foram interrompidos. A coordenadora paroquial da catequese, Marcela Barbosa, conta que ficou decidido em agosto após uma conversa com o pároco, que estas crianças já estavam preparadas. As novas datas das missas foram marcadas à nível paroquial e desde então começaram a acontecer os encontros online com os catequizandos. 

Dividido em dois domingos, as missas serão exclusivas para o sacramento às 9h30, sendo divididas em 18 crianças no dia 18 de outubro e 25 crianças no dia 25 de outubro. Segundo Marcela, como a Igreja comporta 250 pessoas sentadas cumprindo o distanciamento cada criança poderá levar 10 convidados. Nas confissões que já estão acontecendo cada criança usa máscara, e tem sua temperatura aferida na porta da Igreja, além de ter as mãos higienizadas. A equipe da catequese também preparou um kit para o dia da primeira comunhão contendo uma camisa, uma máscara, vela e lembrança. 

Sobre a realização deste sacramento na vida das crianças Marcela revela que muitas famílias gostaram. “Teve um testemunho muito bonito de uma família que achou que tudo está acontecendo em tempo oportuno, pois a criança está muito ansiosa, perdendo as esperanças, desmotivada e eles acreditam que o sacramento vai dar uma revigorada nela. Outras famílias acharam que a gente podia ter esperado mais um pouco, então a gente não impôs, deixamos que a família decidisse. E quem não quis fazer agora, virando o ano nós vamos fazer”.

Em Vila Velha, a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, também vai realizar neste mês de outubro a primeira comunhão de 121 crianças, divididas em 7 missas exclusivas e que não serão abertas para a comunidade em geral. Giovana Guerini, que é a coordenadora da Catequese, explica que haverá um controle no ingresso de pessoas para atender o limite máximo da capacidade da Igreja neste tempo de pandemia que é de 200 pessoas. 

Cada missa comportará o máximo de 18 catequizandos que poderão levar até 10 convidados cada. Além disso, haverá medição de temperatura, higienização com álcool em gel, distanciamento social e uso obrigatório de máscara. 

Giovana explica que o sentimento atual é de gratidão a Deus porque conseguiram fazer esse caminho com as crianças: “É muita emoção porque a Eucaristia é o maior tesouro que nós temos e a gente fez esse elo de levar essas crianças e também suas famílias até o sacramento. Porque as vezes os pais nesse momento em que os filhos estão se preparando também têm a oportunidade de acompanhar, crescer, renovar a Fé e fazer mais compromissos”.  

As celebrações de primeira eucaristia aconteceriam em abril na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e agora serão realizadas nos dias 15 e 16 de outubro às 19h30, no dia 17 de outubro às 8h30 e 19h, no dia 23 de outubro às 19h30 e no dia 24 de outubro às 8h30 e 11h.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

sábado 18 setembro
quarta-feira 22 setembro
quinta-feira 23 setembro
sábado 25 setembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por