De um galpão a um espaço de fé e devoção

20 maio, 2022

De um galpão a um espaço de fé e devoção à Nossa Senhora Aparecida

A história da comunidade Nossa Senhora Aparecida, da Paróquia São Francisco de Assis, em Jardim da Penha, começa com um galpão, onde funcionava um Hortifruti, no ano de 1996.

O Monsenhor Adwalter Carnielli, pároco na época, conta que sempre que passava pela Av. Carlos Gomes de Sá, localizada na Mata da Praia, bairro vizinho, observava o espaço que se encontrava decaído.

Certo dia, resolveu conhecer a parte interna do local e soube que era de uma família coreana, oriunda de São Paulo. Pouco tempo depois, teve conhecimento de que os proprietários tinham interesse em vender o imóvel, pois o negócio não ia bem.

Era o que faltava para o fundador e primeiro pároco da paróquia de Jardim da Penha, que completa 30 anos em 2022, iniciar as conversas que definiriam o destino da área.

Monsenhor Adwalter conta que se encontrou com os coreanos, ouviu a proposta que tinham e, então, a levou para conhecimento e avaliação do conselho paroquial.

Defensor da ideia de adquirir o galpão para a criação de uma comunidade da Igreja Católica no local, o religioso relata que houve, em princípio, uma preocupação pela localidade, pois fica na divisa com a área da Paróquia Cristo Redentor, de Goiabeiras.

No fim houve consenso e conseguimos comprar o galpão. Era tudo muito precário naquela época. Levamos alguns bancos da paróquia e recebemos muitas doações e ajuda de pessoas próximas a comunidade”, lembra.

Chegava, então, a hora de definir o padroeiro da nova comunidade. Essa missão ficou com a Legião de Maria, da paróquia de Jardim da Penha. “Foram elas que escolheram o nome em homenagem à Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida”, contou Monsenhor Adwalter, explicando sobre a dedicação à Nossa Senhora.

E em março de 1997 começaram as celebrações. Com o passar dos anos, o local foi reformado e se tornou uma linda capela.

A comunidade Nossa Senhora Aparecida foi a segunda comunidade criada pela paróquia São Francisco de Assis. Ela surgiu um pouco depois da comunidade Santa Clara de Assis, de 1992. A paróquia tem ainda as comunidades São João Batista, instituída em 1997, e Divino Espírito Santo, do início do século XXI.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

terça-feira 5 julho
quarta-feira 6 julho
quinta-feira 7 julho
sexta-feira 8 julho
domingo 10 julho
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por