Dia dos Coroinhas e Cerimoniários

5 agosto, 2023

No dia 15 de agosto, a Igreja celebra São Tarcísio, padroeiro dos coroinhas e acólitos e para marcar a data a Arquidiocese de Vitória organizou para este sábado, 05 de agosto, o Dia dos Coroinhas e Cerimoniários, no ginásio Dom Bosco, Faculdade Salesiana, em Vitória. A estimativa é que entre 2.500 e 3.000 crianças, adolescentes e jovens participaram do evento que também abriu a programação do Mês Vocacional.  

Padre Ruan Coutinho é o Coordenador Arquidiocesano dos Coroinhas e Cerimoniários e falou sobre esta representatividade: “eles são uma força tão grande na evangelização da nossa Igreja. quase todas as nossas comunidades tem pelo menos um coroinha, as nossas paróquias tem muitos cerimoniários. Isso é a oportunidade que Deus dá de desde pequenos eles acostumarem e aprenderem a colocar a sua vida à disposição de Jesus e do seu reino. Preparamos com muito carinho esse encontro que teve alegria, adoração, quiz, show, para celebrar essa missão tão importante na vida da Igreja”.  

Em um momento de carinho e cuidado com os presentes no evento, muitos deles sendo crianças, Dom Andherson Franklin sentou no palco e cantou e interpretou uma canção junto com todos que estavam no ginásio. Foi um momento muito bonito. O Bispo Auxiliar ainda ressaltou que nós temos um grande tesouro em nossa arquidiocese que são os coroinhas, coroinhas, cerimoniários e cerimoniárias. 

“Acolhê-los bem, fazê-los crescer na fé, trabalhar com eles junto na iniciação da vida cristã é um desafio que tenho certeza será grande e fecundo. Por isso fico muito feliz de vê-los todos aqui, de maneira especial aqueles que os acompanham. Fortaleçam-se na fé e ajudem essas crianças, adolescentes e jovens a crescerem como discípulos missionários de Jesus Cristo”, finaliza.  

Dona Vera estava com os dois netos no evento. Ela também coordena a equipe de Coroinhas e Cerimoniários da Paróquia Santa Isabel, região de Domingos Martins e é um exemplo de quem apoia os pequenos nesta missão de fé. “O que eu posso fazer hoje é cuidar desses anjinhos. A gente tem que ajudar, eu estou com 67 anos e me vi com 11 netos, sou ministra da eucaristia e eu vi o significado do que é o coroinha junto com a gente na Igreja, então quando eles falaram sim pra mim aonde eles forem, eu vou também e eles estão amando”. 

A jovem Rayane, de 23 anos, é cerimoniária há dois anos e considera que sua missão é ser um pouquinho guardiã da hóstia. “A gente cuida ali do altar, da liturgia. A gente cerimonia a missa para que possa ocorrer tudo bem, as pessoas possam participar daquela belíssima missa. Na verdade é ser um anjinho de Deus no altar. A gente é pau pra toda obra”. 

Muitas paróquias estavam representadas com seus coroinhas, cerimoniários, além dos coordenadores das equipes nas paróquias, familiares e padres. Na arquibancada, junto de membros da sua paróquia, estava padre Gudialace Oliveira que fez questão de participar do encontro. 

“A gente sempre dizia que os jovens são o futuro da Igreja, mas a gente tem percebido que na verdade não é o futuro, é o hoje. E o que a gente precisa fazer é animá-los, sustentá-los neste momento. Ver este espaço lotado com tantos adolescentes,tantas crianças, desejosos de servir a Deus é um testemunho para todos nós  que somos igreja e para tantas outras pessoas que tendo a possibilidade de servir, estão escolhendo ficar em suas casas sentados e parados. Então é um convite de Deus que mexe com a gente dizendo, vamos servir se até as crianças estão fazendo, porque você também não pode fazer?”

Os coroinhas podem ser meninos e meninas entre 07 e 15 anos de idade que usam vestes branca e vermelha. Já os cerimoniários são jovens de 15 a 25 anos de idade que usam vestes branca e preta. Quem quiser fazer parte da equipe basta procurar a equipe nas paróquias e comunidades para saber sobre formações e outras informações. 

Compartilhe:

VÍDEOS

quinta-feira 18 abril
terça-feira 23 abril
quinta-feira 25 abril
Nenhum evento encontrado!

Facebook