Equipes de Nossa Senhora e espiritualidade conjugal

Estamos na Semana da Família e um Movimento nascido na França em 1938 faz um trabalho específico que, no dizer de Iwon Costa, é a base da família: cuidar da espiritualidade conjugal e formar casais para o serviço como consequência da espiritualidade.

Segundo Iwon, “o Movimento Equipes de Nossa Senhora não é um Movimento de Serviço, mas um Movimento que prepara os casais para o serviço nas pastorais da Igreja”.

A imagem que podemos usar para explicar é a de pequenas comunidades de casais, porque é em equipes de 5 a 7 casais que o Movimento se estrutura.

O propósito do Movimento é, em primeiro lugar, fortalecer a espiritualidade conjugal e ajudá-los a ‘tender para a santidade’. O formato para que isso aconteça é simples: 1º O casal, além de participar das formações, assume o compromisso de diariamente rezar com a Palavra de Deus, buscando entender o que ela propõe para sua vida e para sua ação de serviço missionário. 2º Avaliar uma vez por mês sua vida como casal e como servidor na Igreja. 3º Participar de um retiro anual.

“O casal tem o dever de ‘sentar’ e avaliar o que cada um precisa mudar para ajudar o outro a sentir-se bem e com isso, o casal acaba estabelecendo sua regra de vida”, disse Iwon.

A mística do Movimento é que os casais se reúnam em nome de Cristo, se ajudem e deem testemunho. Para reforçar a importância deste aspecto, Iwon adaptou o ditado “quem não vive para servir, não serve para viver” e afirma: “cristão que não serve, não serve”.

As Equipes de Nossa Senhora são formadas por grupos de 5 a 7 casais e um assistente espiritual que pode ser padre, religioso(a) ou diácono. O assistente torna-se membro da Equipe e reúne-se com os casais na avaliação mensal, assim como participa das formações e outros eventos. O Encontro mensal acontece na casa dos casais em forma de revezamento.

Na Arquidiocese de Vitória as Equipes de Nossa Senhora estão organizadas em Setores, sendo 2 em Vitória, 1 Serra e Cariacica e 1 em Vila Velha:

Setor Vitória A – 12 equipes, 71 casais, 12 Conselheiros Espirituais.

Setor Vitória B – 9 equipes, 55 casais, 9 Conselheiros Espirituais.

Setor Serra & Cariacica – 8 equipes, 48 casais, 7 Conselheiros Espirituais

Setor Vila Velha – 10 equipes, 56 casais, 9 Conselheiros Espirituais

Ao todo somam na Arquidiocese 39 Equipes. Cada Equipe conta com um casal responsável (CRE) com mandato de 1 ano. Iwon, junto com sua esposa Ana Effgen Costa, formam o casal responsável pelo Setor Vila Velha e em setembro próximo assumem a coordenação da Região Espírito Santo.

Curiosidades

São chamados de “Equipe” porque os casais do Movimento se propõem ajudar-se mutuamente a buscar a santidade. De Nossa Senhora porque sendo um Movimento cristocêntrico colocam-se sob o patrocínio de Nossa Senhora.

Diariamente as Equipes rezam o Magnificat nas intenções de todos os casais do mundo.

Origem:

O início aconteceu de maneira espontânea em Paris na França quando uma senhora procurou o padre Henri Caffarel para ajudá-la em sua caminhada espiritual. Mais tarde ela voltou acompanhada pelo marido e pouco depois juntamente com outros 3 casais e pediram que o padre Henri os acompanhasse, pois queriam viver o amor conjugal à luz da fé. O padre aceitou com o propósito de descobrirem juntos o caminho.

Rapidamente o Movimento se espalhou para outros países e chegou ao Brasil em 1950. 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
segunda-feira 5 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Segundo Dia Oitavário
terça-feira 6 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Terceiro Dia Oitavário
quarta-feira 7 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quarto Dia Oitavário
quinta-feira 8 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quinto Dia Oitavário
sexta-feira 9 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sexto Dia Oitavário
sábado 10 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sétimo Dia Oitavário
domingo 11 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Oitavo Dia Oitavário
Nenhum evento encontrado!