Fé e devoção a Nossa Senhora das Graças

28 novembro, 2022

A origem da devoção a Nossa Senhora das Graças iniciou-se em 1830, mediante as aparições da Virgem Maria à Santa Catarina Labouré, que pertencia ao convento das Filhas da Caridade. Ao total, foram três aparições que ocorreram no convento das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, em Paris. Ontem (27), a Igreja celebrou a Solenidade de Nossa Senhora das Graças, e houve uma programação especial nas Comunidades na Área Vila Velha que recebem esse título.

A devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa se faz presente em todo o mundo, por conta da propagação da devoção realizada pelos Padres Lazaristas, pelas Filhas da Caridade e por toda a Família Vicentina. Na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Coqueiral de Itaparica – Vila Velha, Samira, avó de Rafael, testemunhou com amor e devoção as graças recebidas por Nossa Senhora. 

Samira relatou que Rafael nasceu em maio de 2013, e logo após o parto foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal – UTIN, pois apresentava dificuldades para respirar e o coração não batia adequadamente. Samira foi chamada ao hospital para receber a notícia de que a vida de seu neto estava comprometida, mas que os médicos fariam o possível para dar uma morte tranquila para ele. Inconformada, Samira passou a rezar constantemente para que a Virgem Maria intercedesse pela vida de Rafael.

Após seis meses de muita luta, a avó participou, no mês de novembro, da novena de Nossa Senhora das Graças. Ela passou nove dias rezando e clamando à Mãe que tomasse conta de todas as questões referentes à saúde de Rafael, principalmente para que conseguisse uma vaga para ser atendido em outro Estado.

No dia 02 de dezembro, ela recebeu uma ligação para que Rafael desse sequência em seu tratamento em Curitiba. Ele foi junto com a mãe, e a avó permaneceu rezando devotamente a Nossa Senhora das Graças. Mesmo com o coração aflito e apertado, Samira sempre buscava chegar em casa sorrindo e feliz para que ninguém a visse chorando, uma vez que ela também precisava amparar toda a família e também a filha que estava longe por conta da situação de seu filho. Emocionada, a avó de Rafael exclamou: “O milagre aconteceu. O Rafael voltou vivo para casa!”. Nascido no mês de Nossa Senhora, hoje Rafael serve como coroinha na paróquia e toda a família dá testemunho do milagre vivo que ele representa.

ORAÇÃO DE NOSSA SENHORA DA GRAÇAS

Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades.

(momento de silêncio e de pedir a graça desejada)

Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior Glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre como verdadeiros cristãos.

Rezar 3 Ave Marias

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. 

Amém!

 

Compartilhe:

VÍDEOS

sábado 10 junho
domingo 11 junho
segunda-feira 12 junho
terça-feira 13 junho
Nenhum evento encontrado!

Facebook