Festa de São Mateus

21 setembro, 2021

Hoje a Igreja celebra São Mateus, apóstolo e evangelista e a nossa Diocese irmã de São Mateus comemora o dia do seu padroeiro e os seus 63 anos de fundação. Na manhã de hoje Dom Dario Campos, Arcebispo Metropolitano de Vitória, foi até a cidade para concelebrar junto com os outros bispos.

Na programação às 07h, teve a Santa Missa presidida pelo Padre João Batista de Oliveira, às 10h, Santa Missa presidida pelo Bispo Diocesano Dom Paulo Bosi Dal’Bó e às 17h será realizada a Santa Missa presidida pelo Padre Edivaldo Luís da Silva Klipel e logo após a imagem do Glorioso São Mateus sairá em carreata pelas ruas da cidade, passando pelas três Paróquias que pertencem a Diocese, em um momento de devoção e Fé.

Diocese de São Mateus

A história da Diocese de São Mateus começou em Funchal, Ilha da Madeira, em Portugal. Depois pertenceram à diocese de Niterói/RJ, mais tarde à diocese do Espírito Santo, e no dia 16 de fevereiro de 1958 o Papa Pio XII criou as dioceses de São Mateus e Cachoeiro de Itapemirim, pela bula Cum Territorium. Os padres que atuaram pouco antes no território onde seria a nova diocese foram: Frei Francisco Travesso, Pe. Zacharias de Oliveira e Monsenhor Guilherme Schmitz.

Os primeiros Missionários combonianos chegaram em 1952. Os padres Passionistas chegaram em 1959. Receberam também os padres redentoristas em Montanha e os da Sociedade de Cristo, em Águia Branca. Os padres diocesanos foram formadores no Seminário Menor João XXIII e assumiram algumas paróquias. No ano de 2007 os freis capuchinhos chegaram em Ecoporanga.

Em seus 63 anos de existência a Diocese também recebeu diversas congregações religiosas femininas: Combonianas (1955), Nossa Senhora do Monte Calvário (1962), Azuis (1966), Irmãzinhas da Imaculada Conceição (1977), Santa Catarina (1982), Assunção (1984), Franciscanas do Apostolado Paroquial (1987), São José de Chamberry (1993), Mosteiro Beneditino (1994), Servas de Nossa Senhora de Fátima (2007), Cenáculo (2010), Sagrada Face (2009), Franciscanas de Dillingen (2012).

Dom José Dalvit foi o primeiro bispo nomeado na Diocese entre 1959 e 1970; Dom Aldo Gerna atuou por 36 anos, entre 1971 e 2007. O terceiro bispo foi Dom Zanoni Demettino Castro, entre 2007 e 2014. E no dia 26 de dezembro de 2015 foi nomeado o 4º pastor: Dom Paulo Bosi Dal’Bó que está até os dias de hoje. Atualmente a Diocese possui 26 paróquias divididas em Foranias: 4 na Baiana; 7 na Capixaba; 5 na Mineira e 10 na praiana.

São Mateus

Mateus – chamado Levi antes de sua conversão – era coletor de impostos em Cafarnaum. Era publicano e desprezado pelo povo por fazer parte dos romanos opressores. Certo dia, ouviu a voz de um homem, que lhe disse: “Segue-me”. Ele se levantou e o seguiu para sempre. Aquele homem era Jesus. Desde então, Mateus não foi mais o mesmo.

Mateus, que também era pescador, deixou tudo e seguiu a Jesus, tornando-se um dos Doze. Seu nome, algumas vezes, foi citado nos Atos dos Apóstolos. O anúncio de Cristo foi a sua missão. Segundo algumas fontes, Mateus teria morrido por causas naturais; no entanto, segundo algumas tradições, consideradas pouco críveis, a sua existência terminou na Etiópia.

As suas relíquias encontram-se na cripta da Catedral de Salerno. Neste local o Santo é festejado, em 21 de setembro, com uma solene procissão. (Com informações do Vatican News)

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

segunda-feira 25 outubro
quarta-feira 27 outubro
quinta-feira 28 outubro
sexta-feira 29 outubro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por