Festa de São Pedro em Jacaraípe

2 julho, 2021

A história do balneário, desde o seu princípio, se entrelaça com a devoção a São Pedro. Inicialmente Jacaraípe se desenvolveu no entorno do rio, onde hoje conhecemos como Vila dos Pescadores. Os habitantes da região, em sua maioria pescadores e suas famílias, adotaram São Pedro, o Santo “pescador de homens” como santo de devoção. No decorrer dos anos, Jacaraípe se desenvolveu para além das margens do rio, mas a devoção à São Pedro continuou enraizada em seus habitantes.

Em todo o Brasil, desde o período colonial, os Santos comemorados no mês de junho, incluindo São Pedro, são comemorados com as tradicionais Festas Juninas e suas fogueiras, bandeirinhas coloridas, barracas de comidas típicas e, também com as danças de quadrilha.

As Festas Juninas são parte da tradição folclórica do Brasil, e com o tempo foram ganhando características específicas da região em que são realizadas. Em Jacaraípe, não é diferente, a Festa Junina em comemoração à São Pedro se funde a outra tradição: a subida do Navio.

A figura do Navio remete à um navio negreiro que naufragou no litoral capixaba em meados do século 17, quando os escravos sobreviventes conseguiram se salvar agarrados ao mastro que carregava a imagem de São Benedito e que havia se desprendido do navio. Esses escravos se dispersaram por diversas fazendas capixabas, espalhando a tradição e adaptando-a para outros santos de devoção como São Pedro e Nossa Senhora da Penha.

A Subida do Navio é um misto de fé, devoção e alegria reunindo a população de Jacaraípe e diversas bandas de congo da região para a levar o Navio com o mastro até a Matriz São Pedro onde, após a benção, ocorre a fincada do mastro. Durante o trajeto são entoadas canções gravadas na memória popular que em sua maioria remetem à São Pedro, ao amor e ao mar.

Essa tradição foi interrompida por alguns anos em virtudes de problemas ocorridos, mas com muito empenho e com a organização de diversas famílias de nossa paróquia, a tradição foi retomada para a alegria de toda a população de Jacaraípe.

Infelizmente, em virtude da pandemia, foi necessário interromper novamente essa tradição, desde 2020 os festejos de São Pedro acontecem de forma semipresencial, mas não menos cheia da devoção à São Pedro, inclusive, esta devoção se espalha pelas ruas de nosso balneário através da carreata de São Pedro que percorre Jacaraípe no último dia dos festejos.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 29 julho
sábado 31 julho
domingo 1 agosto
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por