Fraternidade e fome

17 janeiro, 2023

Fome, qual é a sua?

De pão, de pão e de compaixão

Fome, com a alma nua

De trabalho e educação

 

Fome, retrato de um país,

Fruto da desigualdade

Que deixa milhares de pessoas

Vivendo por um triz

 

A tão renegada fome

Que ressurgiu no país

Tem endereço cor e nome

E tem a sua raiz

 

No desemprego ou subemprego

Na falta de habitação

No racismo e no preconceito

E em toda forma de discriminação

 

Há quem negue a fome

Estando com a mesa farta

Ignorando os seres humanos

Que a água e o pão lhes falta

 

Essa vergonha da humanidade

Precisa de uma ponto final

Que se dará com a justiça

E o acesso ao direito universal

 

“Dai-lhes vós mesmos de comer!”

É o mandamento de Jesus

Que nasceu na manjedoura

E morreu pregado na cruz

 

Elizabeth Regina Lopes

Compartilhe:

VÍDEOS

sábado 4 fevereiro
domingo 5 fevereiro
Nenhum evento encontrado!

Facebook