Grito dos Excluídos vai para as ruas questionar 200 anos de (In) Dependência

29 agosto, 2022

 Grito dos excluídos

No próximo dia 7 de setembro, feriado que marcará as comemorações de 200 anos da Independência, a manifestação do Grito dos Excluídos vai tomar as ruas da capital capixaba para, mais uma vez, lembrar dos que estão sendo esquecidos durante todo esse tempo.

O movimento chega a sua 28ª edição, com o tema “Vida em Primeiro Lugar”, e destaca o lema, “Brasil: 200 Anos de (In) Dependência. Para quem?”.

A programação do Grito tem previsão de iniciar a concentração a partir das 8h, no campus de Goiabeiras da Universidade Federal (Ufes) e término na Praça de Gurigica. Haverá também uma parada em frente à sede da Petrobras, na Av. Nossa Senhora da Penha, para um ato de protesto “contra as privatizações, a política de preços, que tem feito aumentar consideravelmente o valor do combustível e do gás de cozinha”, destacou Giovani Lívio, coordenador do Fórum Igrejas e Sociedade em Ação, que organiza o Grito.

O momento do Grito também será uma oportunidade de manifestar solidariedade com os que mais precisam e que têm sofrido com a alta no preço dos alimentos. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), com apoio da Campanha Paz e Pão, da Arquidiocese de Vitória, distribuirá alimentos arrecadados entre agricultores familiares, trabalhadores rurais dos assentamentos do MST e dos acampamentos.

Ainda segundo Giovani, o Grito também denunciará o favorecimento às elites econômicas, que contribui para as diversas formas de dependência registradas no Espírito Santo. Umas delas são a econômica e política em relação aos grandes empreendimentos poluidores.

—-

Com informações do portal Século Diário
Foto: J. Paiva

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

segunda-feira 3 outubro
quarta-feira 5 outubro
sábado 8 outubro
domingo 9 outubro
Nenhum evento encontrado!

Facebook