Homenagens a Aparecida em Anchieta

30 outubro, 2021

Há 90 anos, Nossa Senhora Aparecida era proclamada a padroeira do Brasil e desde a sua aparição em 1717 a imagem negra de Nossa Senhora da Conceição jamais deixou de ser venerada e amada pelos brasileiros. Sendo assim, a paróquia fundada pelo padre jesuíta José de Anchieta, que em 2015 foi declarado co-padroeiro do Brasil, não poderia deixar de homenagear essa titulação da Mãe de Deus, tão querida e amada por inúmeros fiéis.

Na paróquia de Nossa Senhora da Assunção, em Anchieta, duas comunidades têm como padroeira a Senhora Aparecida: uma no bairro da Alvorada, na sede da cidade e outra na comunidade rural de Itajobaia. A mais antiga delas é a sediada no bairro da Alvorada com 44 anos de atividades e possui uma história extensa de perseverança dos seus membros, que ficaram vários anos sem uma capela própria. Com apenas três anos de diferença entre as fundações das duas comunidades, a sediada em Itajobaia possui 41 anos de história e reúne diversas famílias locais, que oferecem uma linda devoção a sua padroeira.

Após um ano muito difícil e com inúmeras perdas as comunidades decidiram se reunir fisicamente nesta ocasião, para demonstrar toda a sua fé, amor e veneração pela Santa Maria, que os sustentou por tantos anos. As comemorações foram repletas de muito fervor, mas cumpriram com todas as determinações sanitárias e tiveram algumas pequenas adaptações para que todos estivessem seguros.

A comunidade de Itajobaia teve como principal intenção agradecer pela oportunidade de se reunirem novamente, pela recuperação da saúde de diversas pessoas e pela diminuição de casos de covid no bairro. A coordenadora da capela, Julieta, destaca que o empenho das famílias em fazer as homenagens acontecerem foi um dos atos mais marcantes do evento, pois familiares que estavam em conflito se reconciliaram e se uniram com todos para homenagear a padroeira do Brasil. Na celebração mais importante, do dia 12, foi realizada a Santa Missa com o vigário da Paróquia, Pe. Firmino, que levou incentivo com suas palavras e encerrou as comemorações.

Já na comunidade do bairro Alvorada, foi realizado um tríduo com a participação de todos. A união dos fiéis, que, mesmo em meio a pandemia, realizaram quatro dias de festa, emocionou e fortaleceu ainda mais a fé daqueles que participaram das celebrações. No dia 12, a Santa Missa foi presidida pelo vigário paroquial Pe. Marcelo Costa. Um dos momentos mais marcantes foi a entrada da Palavra, com a participação de uma irmã da comunidade, que superou mais de 40 dias de internação devido a Covid e estava lá dando graças pela vida.

O Santuário e Matriz Paroquial também realizou sua homenagem à Mãe de Deus. A Santa Missa foi celebrada pelo pároco e reitor, Pe. Nilson Marostica e reuniu os fiéis tanto presencialmente, quanto de forma online, por meio das transmissões via YouTube e Facebook. Que seguindo o exemplo de São José de Anchieta, o Poeta da Virgem Maria, possamos sempre estar ao lado da Santíssima Virgem e recorrendo à intercessão da Senhora Aparecida.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quarta-feira 26 janeiro
sábado 29 janeiro
domingo 30 janeiro
terça-feira 1 fevereiro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por