Amar é trazer para junto de Deus aqueles que estão afastados

Fl 3,3-8 | Sl 104 | Lc 15,1-10

Todos os batizados são missionários e todo missionário deve ter como referência Jesus Cristo. As leituras de hoje continua propondo reflexões sobre a missão. São Paulo dá seu próprio testemunho quando diz que o tempo em que perseguiu a Igreja perdeu todo o sentido a partir do momento que começou a anunciar Jesus. Dom Dario Campos, arcebispo de Vitória reafirmou a atitude de São Paulo e disse: “Quando encontramos Cristo, tudo que deixamos para trás fica sem sentido”. E acrescentou: “é hora de nos perguntarmos como está a presença de Jesus na nossa vida”. Mas seguir Jesus não é fácil e requer de nós oração e atenção constantes. “Jesus foi criticado por se relacionar com os excluídos e marginalizados”. Naquela sociedade aproximar-se dos marginalizados era “deixar-se contaminar pelo pecado deles, mas Jesus os contaminava com seu amor”, disse dom Dario. Para explicar a força do amor, Jesus conta duas histórias: a da ovelha e da dracma perdidas. Escute a homilia no anexo.

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por