Homilia de 21 de julho de 2021

Ex 16, 1-5.9-15        |         Sl 77        |       Mt 13, 1-9

“Como anda a nossa vida para receber a Palavra de Deus? Como tenho me preparado para que a Palavra de Deus possa cair no interior da minha vida e possa produzir frutos”? Foi com estas perguntas que dom Dario Campos, arcebispo de Vitória, iniciou a homilia de hoje referindo-se ao Evangelho de São Mateus que, no trecho de hoje, narra a parábola da semente. Depois, dom Dario relacionou a condução de Moisés enquanto o povo caminhava pelo deserto ao trabalho do agricultor que vai preparando a terra para a semeadura e disse: “Moisés vai preparando o coração do povo como um agricultor. E acrescentou: “a primeira leitura relata as reclamações do povo no deserto e a promessa de Deus em prover as necessidades para que eles não se sentissem abandonados. Assim acontece hoje também. Algumas pessoas no meio às dificuldades sentem-se abandonadas por Deus e preferem retroceder em vez de lutar pela libertação”. O Arcebispo lembrou que “todo o processo de libertação é sofrido”!

Falando do Evangelho dom Dario referiu-se aos quatro tipos de terreno citados por Jesus: terrenos dos vulneráveis, terrenos dos insatisfeitos, terrenos dos ocupados e terrenos bons. A conclusão foi também em forma de pergunta: “Que tipo de terreno é o meu coração”? Para que nosso coração seja bom e produza frutos, a Igreja insiste na formação de Círculos Bíblicos, estudo da Palavra de Deus e leitura orante da Bíblia. Escute a homilia.

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por