Homilia de 28 de julho de 2022

Dom Dario Campos, ofm

Jr 18, 1-6      |      Sl 145        |        Mt 13, 47-53

“Colocar-se nas mãos de Deus como o barro nas mãos do oleiro, deixando que Ele modele a cada um de nós à sua vontade”, foi a frase com que dom Dario Campos, arcebispo de Vitória iniciou a homilia de hoje. Depois dom Dario continuou falando da comparação entre a modelagem do barro e a vida do cristão nas mãos de Deus e disse: “quando o barro seca não dá mais para moldar e quando nossas ideias se cristalizam, dificilmente mudamos e, se estivermos errados, continuamos a insistir no erro. O Senhor nos pede um coração aberto para o novo, para a proposta de Deus. A vida é um processo de crescimento. Temos que melhorar a cada dia e podemos melhorar nos entregando nas mãos de Deus tendo certeza que Ele nos fará melhores”.

Referindo-se ao Evangelho que fala da rede lançada a mar que pega todo o tipo de peixe, o Arcebispo disseque isso representa as oportunidades que Deus dá a cada um sem importar quem somos, o que faz diferença é a resposta de cada um. Escute a homilia.

 

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por