Homilia de 5 de agosto de 2022

Dom Dario Campos, ofm

Na 2, 1.3. 3,1-3. 6-7        |        Dt 32, 35cd-36ab. 39abcd.41      |       Mt 16, 24-28

O profeta Naum narra, na primeira leitura de hoje, a tomada de Nínive e sua destruição porque seus habitantes não escutaram a voz de Deus. Dom Dario Campos, arcebispo de Vitória fez a seguinte relação: “a violência na cidade, dadas as distâncias de tempo, nos faz lembrar a violência que vivemos hoje em nossas cidades e até no interior, onde as imagens de paz cada vez mais se acabam. O alerta de Naum serve também para nós. As cidades estão sendo transformadas em lugares inseguros, de desrespeito à vida, de medo. Não andamos mais tranquilos pela rua com medo da violência e, mesmo em nossas próprias casas, paira um ar de insegurança. Estamos atrás das grades e muros como se estivéssemos numa prisão. Como lidar com essa situação? O que fazer para diminuir tamanha violência? Qual o nosso papel de cristão, de católicos numa sociedade tão conturbada? O Evangelho propõe o seguimento de Jesus que trouxe a proposta de vida plena, de vida nova”. Escute a homilia.

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por