Não cair no fingimento

Sf 3,1-2.9-13 | Sl 33 | Mt 21,28-32

O Advento é um Tempo Litúrgico que nos pede mudança de vida e um retorno de nosso olhar para Deus. Essa necessidade de mudar de vida vem apresentada hoje nas leituras propostas pela Igreja: livro de Sofonias quando narra a história da cidade rebelde e o Evangelho de São Mateus contando a história dos dois filhos, o que disse sim e não foi e o que disse não e foi.

Dom Dario Campos, arcebispo de Vitória disse na homilia, que podemos nos colocar no lugar da cidade rebelde e tentar perceber “quantas vezes Deus nos deu oportunidade para que cada um, cada uma de nós mude de vida, para que cada um aja diferente, aja conforme a vontade de Deus. Deus vai nos chamando, mostrando o caminho, mas não damos ouvidos e preferimos continuar ignorando os apelos de Deus”.

Referindo-se ao Evangelho, o Arcebispo disse: “o filho que disse não, mas foi representa os pecadores que tomam consciência de seus pecados e buscam os caminhos de Deus. O filho que sim, mas não foi representa aqueles que agem pela aparência, mas suas ações não passam de teatro”. Por fim vem a orientação: “temos que ter um cuidado muito grande com nossos testemunhos e presença na sociedade e na família para que a gente não caia no fingimento diante de Deus”. Escute a homilia no anexo.

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por