Não invente desculpas

Fl 2,5-11 | Sl 21 | Lc 14,15-24

A liturgia de hoje que fala dos convidados para o banquete propõe um desafio: viver a humildade. São Paulo mostra com sua narrativa o quanto Jesus se humilhou para nos mostrar o caminho e sugere que tenhamos os mesmos sentimentos de Jesus, isto é, que sejamos humildes. Já o Evangelho apresenta, em forma de parábola, como inventamos desculpas para não responder ao convite de Deus. Os destinatários específicos da parábola eram os representantes oficiais, mas eles, tal como nós hoje arrumaram desculpas para não participar. “Com nossa postura, procedimentos e comportamentos arranjamos desculpas, por vezes esfarrapadas e outras convincentes. Mas, nada justifica a nossa atitude porque Deus deve estar sempre em primeiro lugar. Participar não é apenas estar presente, é muito mais, é fazer um pacto. Estar presente na missa sem participar é apenas um ritual. Comungar é se apaixonar pela causa de Jesus, é estender a mão a quem precisa”, disse dom Dario Campos, arcebispo de Vitória, na homilia de hoje. Por isso o ditado: “se precisar de ajuda não peça a quem tempo porque esse arranjará desculpas, peça a quem não tem tempo e ele sempre dará um jeito de ajudar”. Escute a homilia no anexo.

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por