Quando a fé encontra o amor, a cura acontece

2º Livro dos Reis 25, 1-12 | Sl 137(136) | Mt 8, 1- 4

Hoje dom Dario Campos, arcebispo de Vitória, relacionou os fatos do 2º exílio dos habitantes de Jerusalém e a cura do leproso. Segundo ele, os exílios que levavam à escravidão e à morte, que faziam as pessoas sentirem-se estrangeiras na própria terra e estranhos na própria casa, continuam acontecendo hoje de outras formas e por vezes formas sutis. Apenas o encontro da fé com o amor, como aconteceu com o leproso faz a cura acontecer.

Olharmos para história ajuda-nos a pensar o nosso comportamento hoje.

Dom Dario convida-nos no dia de hoje, a olharmos à nossa volta e percebermos os ‘exílios e as lepras’ que continuam acontecendo e citou o aumento da população de rua. Mas convida-nos também a olharmos para nossas atitudes e comportamentos lembrando de um padre seu conhecido que ao cumprimentar as pessoas dizia: “Cuide do seu proceder”.

Depois explicou que jesus ao descer da montanha encontrou os excluídos e estendeu a mão para tocar aquele que ninguém tocava. “O leproso sabia que Jesus podia curá-lo e Jesus sabia que o leproso queria ser curado. Quando a aliança do amor se concretiza o resultado é a cura. Quando a fé encontra o amor, a cura acontece”.