Quem muito propaga os seus atos, pouco faz de concreto ou age na gratuidade

Na homilia de hoje, dom Dario propôs uma reflexão sobre a humildade, o silêncio e a gratuidade que caracterizam o ser e o agir do discípulo missionário.

O Arcebispo acentuou que “Quem muito propaga os seus atos pouco faz de concreto ou age na gratuidade”.