Igreja mais antiga do Estado reabre as portas

23 setembro, 2020

A Igreja Nossa Senhora do Rosário foi construída em 1535 por Vasco Fernandes Coutinho, localizada no Sítio Histórico da Prainha, em Vila Velha, é um registo dos tempos do Descobrimento. Ela é um marco na colonização do solo espírito-santense. É considerada a Igreja mais antiga em funcionamento no país. Tornou-se Paróquia, na segunda metade do século XVII, sendo uma das primeiras Paróquias do Espírito Santo.

Está registrado nos livros do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que a Igreja foi tombada em 24 de julho de 1946, tornando-se Patrimônio Histórico pelo IPHAN. Preserva em sua construção características originais em estilo Barroco.

No decorrer dos anos, a Igreja passou por muitas reformas preservando sempre seu estilo colonial. A reforma mais recente aconteceu em 2015, que durou um ano e foram realizados reparos na estrutura, tratamento do reboco, adaptações de acessibilidade, recuperação de adornos e dos elementos decorativos. O fator mais impactante dessa última reforma foi o resgate histórico das pinturas artísticas, o retorno do coro em estrutura de madeira e a reforma completa no telhado da igreja.

A Paróquia Nossa Senhora do Rosário faz parte da Arquidiocese de Vitória – ES. Sua a administração está sob os cuidados dos frades franciscanos, da Ordem do Frades Menores (OFM). 

Por conta da Pandemia da Covid-19 a Igreja esteve com as portas fechadas sem poder realizar as celebrações e nem receber os visitantes. A partir de hoje (23), a Igreja Matriz, Nossa Senhora do Rosário reabre para a visitação do público. Neste mês de setembro as visitas poderão acontecer de quarta a sexta, das 9h às 17h. A partir do mês de outubro, as visitas serão de segunda a sexta, das 9h às 17h. As missas acontecem todos os domingos, às 8h.

Para a visitação é necessário obedecer aos protocolos sanitários da Organização Mundial da Saúde. Os visitantes deverão fazer uso obrigatório de máscaras, álcool em gel e haverá aferição de temperatura na porta do templo.

“Voltar a celebrar com a presença dos fiéis e abrir as portas para visitação alegra os nossos corações. Mas, diante deste tempo de pandemia, é nosso dever de cristãos assumir o compromisso de amor com o próximo”, destaca o pároco, Frei Djalmo.

A Igrejinha do Rosário é um marco na colonização do estado do Espírito Santo.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

sábado 19 junho
segunda-feira 21 junho
quinta-feira 24 junho
sábado 26 junho
Nenhum evento encontrado!

Facebook