Indulgência nas primeiras missas

15 julho, 2021

Entre o final deste mês e em agosto a Arquidiocese de Vitória ordenará cinco novos padres: João Tozzi, Vitor Noronha, Alessandro Rebonato, Daniel Calil e Ruan Coutinho. Tudo está sendo preparado para as cerimônias que acontecerão nas paróquias de origem de todos eles. A programação das primeiras missas que eles irão presidir também está fechada e uma informação importante para os fiéis é que todos que participarem destas celebrações eucarísticas podem receber indulgência plenária.

Mas o que é uma indulgência? Segundo explica o catecismo da Igreja Católica, ela é o perdão das penas do purgatório: “remissão, perante Deus, da pena temporal devida aos pecados cuja culpa já foi apagada; remissão que o fiel devidamente disposto obtém em certas e determinadas condições pela ação da Igreja que, enquanto dispensadora da redenção, distribui e aplica, por sua autoridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos”.

E a indulgência é parcial conforme liberação parcial ou plenária, que é o perdão total da pena devida pelos pecados. Todos os fiéis podem adquirir indulgências para si mesmos ou aplicá-las aos defuntos e dentre as ocasiões que os fiéis têm para lucrar as Indulgências está o momento da Primeira Missa de um neo-sacerdote.

Segundo padre Hadeleon Santana, paróco da paróquia Virgem Maria, em Itacibá e também mestrando em Direito Canônico, o Manual de Indulgência, é bem claro quando diz: ‘concede-se indulgência plenária ao sacerdote que, em dia marcado, celebra sua primeira missa, diante do povo, e aos fiéis que devotamente a ela assistem’.

“Mas esta primeira missa depende da intenção do neo-sacerdote ao celebrá-la. Isto é, nas missas que o neo-sacerdote celebrar considerando-a, por razões pastorais, a primeira para aquele grupo específico, as indulgências podem ser concedidas. E para tê-la é preciso a confissão, Eucaristia e rezar pelo Papa um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória, o que chamamos de estar em estado de graça”, detalha padre Hadeleon.

Programação da Ordenação Presbiteral

31/07 – Diácono Vitor César Zille Noronha e Diácono João Tozzi
Local : Santuário de Vila Velha
Horário: 9h

07/08 – Diácono Alessandro Rebonato
Local: Catedral de Vitória
Horário: 9h

21/08 – Diácono Daniel Calil Mascalubo
Local: Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe (Praia de Itaparica)
Horário: 18h

28/08 – Diácono Ruan Coutinho da Cruz
Local: Santuário Bom Pastor (Campo Grande)
Horário: 17h

 

Primeiras missas dos futuros neo-sacerdotes:

01/08 – João Tozzi
Local: Igreja Matriz paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Praia da Costa.
Horário: 11h

01/08 – Vitor Noronha
Local: Comunidade Santo Antonio, Praia da Costa.
Horário: 9h

08/08 –Alessandro Rebonato
Local: Igreja Matriz Imaculada Conceição, Itacibá, Cariacica.
Horário: 10h

22/08 – Daniel Calil
Local: Igreja Matriz da Pároquia Nossa Senhora de Guadalupe, Praia de Itaparica, Vila Velha Horário: 08h

29/08 – Ruan Coutinho
Local: Comunidade São Judas Tadeu, Paróquia Bom Pastor, Campo Grande, Cariacica.
Horário: 10h

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quarta-feira 27 outubro
quinta-feira 28 outubro
sexta-feira 29 outubro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por