Celebração da Páscoa: 1ª parte

14 abril, 2022

Iniciamos hoje à noite, Quinta-Feira Santa, a grande celebração da Páscoa, uma única celebração dividida em 3 partes que começa com a recordação da 1ª missa, tornando-a presente, e que vai se encerrar na vigília pascal no Sábado Santo.

Esta primeira parte do Tríduo Pascal faz memória da instituição da Eucaristia e dentro desse evento a cerimônia do Lava-pés.

Dom Dario Campos, arcebispo de Vitória,, presidiu a missa na Comunidade Sagrado Coração de Jesus no Morro Fonte Grande, Comunidade que pertence à paróquia Nossa Senhora da Vitória (Catedral). Durante a homilia o Arcebispo serviu-se da própria liturgia para explicar de maneira simples, didática e pastoral porque é uma única celebração em três partes: “hoje iniciamos esta Celebração fazendo o sinal da cruz e dizendo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, como fazemos em todas as missas. Mas hoje não diremos ‘ide em paz’, porque a celebração continua amanhã. Amanhã também não iniciaremos com o sinal da cruz, porque é a continuação da celebração de hoje. No sábado também não faremos o sinal da cruz no início da celebração, porque será a continuidade da sexta-feira, mas ao final encerraremos a Celebração Pascal dizendo, como fazemos em todas as missas: Ide em paz!”.

Dirigindo-se às crianças , dom Dario explicou o significado da Páscoa e disse que era costume o povo matar um cordeiro, cear com a família e marcar as portas com o sangue do cordeiro para que todos soubessem que ali se celebrava e recordava a saída do povo do Egito. A partir dessa breve explicação, dom Dario disse que Jesus também se reuniu com sua família de discípulos para celebrar e ali, naquele momento, instituiu a Eucaristia. Para fazer com que as crianças entendessem o significado do Lava-pés, dom Dario lembrou que nas casas que tinham empregados era costume lavar os pés das visitas, pois chegavam com os pés sujos e cansados. Ao lavar os pés dos discípulos, Jesus ensinou que devemos estar a serviço uns dos outros. Mostrou também que estar a serviço não é coisa apenas para os empregados, Ele, o Senhor lavou os pés dos discípulos para ensiná-los e se colocarem a serviço dos irmãos e irmãs. Dom Dario disse: “Entre nós tem que ser assim, um ao serviço do outro. Quem segue a Jesus tem sempre que estar a serviço do irmão”.

Na sequência o Arcebispo lavou os pés de seis crianças e seis mulheres, consagrou as hóstias para a cerimônia de amanhã e recomendou que as pessoas ficassem em oração e se preparem para viver com fé e confiança os momentos celebrativos, acompanhando os últimos momentos da vida terrena de Jesus: Paixão, Morte e Ressurreição.

Amanhã às 15h, dom Dario continua presidindo a Celebração iniciada hoje na Catedral de Vitória.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

segunda-feira 23 maio
quarta-feira 25 maio
sábado 28 maio
terça-feira 31 maio
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por