Jornada de Oração e Missão pela Paz

29 março, 2022

A Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que sofre (ACN) promovem, na próxima sexta-feira, dia 1º de abril, a Jornada de Oração e Missão pela Paz nos países que vivem em guerra como a Etiópia, Iêmen, Mianmar e Síria, países que vivem confrontos armados que levaram à morte milhares de civis e forças militares.

“Que esse tempo quaresmal, propício à penitência e à oração, seja também um tempo para nos convertermos da lógica das armas e das agressões”, diz a comissão.

No vídeo produzido para essa edição da jornada de Oração e Missão é abordada a reflexão do Papa Francisco no Ângelus de 5 de março, em que o Pontífice diz que “Aqueles que fazem a guerra esquecem a humanidade”. E acrescentou, “não olham para a vida concreta das pessoas, mas confiam na lógica diabólica e perversa das armas, que é a mais distante da vontade de Deus”.

Segundo a comissão, “essa lógica perversa das armas, tão evidente no conflito entre Rússia e Ucrânia, é também presente em outras situações que, por não atraírem o olhar da mídia internacional, precisam ser expostas e serem motivo de nossas orações, preces e manifestações de reconciliação e de paz”.

Jornada de Oração e Missão pela Paz

As jornadas são um convite para contribuir, especialmente, com a oração que é uma das formas mais significativas de colaborar com o trabalho missionário. De acordo com a comissão, a Jornada de Oração e Missão pela Paz faz parte de uma série que coloca o valor da oração como “agir missionário” e propõe que cada cristão católico dedique um tempo do dia para rezar por determinado país.

Fonte: CNBB
Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

segunda-feira 26 setembro
quinta-feira 29 setembro
sexta-feira 30 setembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook