‘Laudato Si’ – ‘Louvado seja’

21 setembro, 2020

Estamos no mês de setembro, o mês da Bíblia e também o mês da Primavera. Embora nem sempre percebamos com clareza as estações do ano devido à diversidade das situações climáticas do país, as primeiras chuvas que começam a cair, dão uma esperança de vida que renasce. Hoje em especial comemoramos o dia da árvore, como cristãos somos responsáveis por essa criação. A data surgiu da necessidade de conscientizar a população da importância das árvores para o meio ambiente, inclusive para a vida dos seres humanos.

O Papa Francisco preocupado com a casa comum escreveu a Carta Encíclica ‘Laudato Si’ – ‘Louvado seja’ – sobre o cuidado da casa comum. Na Carta, o Papa faz um apelo:

“O urgente desafio de proteger a nossa casa comum inclui a preocupação de unir toda a família humana na busca de um desenvolvimento sustentável e integral, pois sabemos que as coisas podem mudar. O Criador não nos abandona, nunca recua no seu projeto de amor, nem Se arrepende de nos ter criado. A humanidade possui ainda a capacidade de colaborar na construção da nossa casa comum (13)”.

O termo Casa Comum foi inspirado no Cântico das criaturas, que recorda a terra, comprando ora a irmã, com quem partilhamos a existência, ora a uma boa mãe, que nos acolhe nos seus braços.

O Papa Francisco alerta que a “crise ecológica” impele a uma “profunda conversão espiritual” e frisa que os cristãos são chamados a uma “conversão ecológica que comporta deixar emergir, nas relações com o mundo que os rodeia, todas as consequências do encontro com Jesus”, citando a encíclica Laudato Sí’ (217).

Vivemos em um tempo em que todos os cristãos enfrentam idênticos e importantes desafios. Vamos iniciar a primavera dando testemunho concreto com a Casa Comum. Mesmo possuindo a maior floresta urbana do mundo, precisamos arborizar nossa cidade.

Convido a você nesse dia a rezar a Oração Cristã com a Criação, presente na encíclica ‘Laudato Sí’:

 “Nós Vos louvamos, Pai, com todas as vossas criaturas que saíram da vossa mão poderosa. São vossas e estão repletas da vossa presença e da vossa ternura. Louvado sejais! Filho de Deus, Jesus, por Vós foram criadas todas as coisas. Fostes formados no seio materno de Maria, fizestes-Vos parte desta terra, e contemplastes este mundo com olhos humanos. Hoje estais vivo em cada criatura com a vossa glória de ressuscitado. Louvado sejais! Espírito Santo, que, com a vossa luz, guiais este mundo para o amor do Pai e acompanhais o gemido da criação, Vós viveis também nos nossos corações a fim de nos impelir para o bem. Louvado sejais! Senhor Deus, Uno e Trino, comunidade estupenda de amor infinito, ensinai-nos a contemplar-Vos na beleza do universo, onde tudo nos fala de Vós. Despertai o nosso louvor e a nossa gratidão por cada ser que criastes. Dai-nos a graça de nos sentirmos intimamente unidos a tudo o que existe. Deus de amor, mostrai-nos o nosso lugar neste mundo como instrumentos do vosso carinho por todos os seres desta terra, porque nem um deles sequer é esquecido por Vós. Iluminai os donos do poder e do dinheiro para que não caiam no pecado da indiferença, amem o bem comum, promovam os fracos, e cuidem deste mundo que habitamos. Os pobres e a Terra estão bradando: Senhor, tomai-nos sob o vosso poder e a vossa luz, para proteger cada vida, para preparar um futuro melhor, para que venha o vosso Reino de justiça, paz, amor e beleza. Louvado sejais! Amém”.

Leia a Encíclica ‘Laudato Si’ – ‘Louvado seja’ na íntegra.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

sexta-feira 1 outubro
domingo 3 outubro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por