Leigos celebram seu dia na Festa de Cristo Rei

O Dia de Cristo Rei, foi instituído em 1925 pelo Papa Pio XI, para reafirmar a soberania de Cristo numa sociedade com muitos outros ‘reis e senhores’.  Após 95 anos os motivos continuam os mesmos e a Igreja Católica continua celebrando a data que marca também o fim e o início do ano litúrgico.

Tradicionalmente a Ação Católica, Movimento que se instalou no Brasil em 1935, fazia desta data um momento para seus membros renovarem as promessas batismais e os novos receberem o ‘distintivo’ que os identificava como grupo de leigos comprometidos com a missão da Igreja.

Hoje, estruturalmente, os leigos estão na Igreja coordenados e representados pela Comissão Nacional de Leigos (CNL), que aprovou em 1991 a solenidade de Cristo de Rei como o Dia do Leigo, com as mesmas motivações da Ação Católica: renovar neste dia as promessas batismais.

Na Arquidiocese de Vitória a data será comemorada com uma missa na Catedral, às 9h da manhã, presidida pelo pe. Renato Criste, pároco e coordenador de pastoral.

Estarão presentes representantes de todos os segmentos, (em torno de 10 pessoas), que compõem a Comissão. A restrição é devida às necessidades de manter distanciamento social por conta da pandemia da Covid-19.

Para Luciano Prado Murari, recém-nomeado coordenador da Comissão do Laicato na Arquidiocese de Vitória e membro do Cursilho, mesmo com as restrições “será uma missa celebrada com muita alegria e os poucos irão representar seus carismas e dons, vão nos mostrar com essa diversidade, como é grande e bonita a nossa Igreja”.

Datas comemorativas são sempre oportunidades para chamar a atenção das pessoas para algo importante, embora alguns sejam contrários. Para o coordenador da Comissão” somos uma Igreja viva porque somos gente que se movimenta e os leigos estão presentes nos Movimentos, Novas Comunidades, Associações, Pastorais, Comunidades e Paróquias. O Leigo tem o potencial de ir aonde os sacerdotes, muitas vezes, não conseguem: dentro das casas, dentro dos escritórios, nas escolas, no comércio, na indústria. Celebrar o Dia do Leigo é celebrar uma Igreja em movimento, que não fica estática dentro dos templos”.

Ainda segundo Luciano a importância de celebrar a data é principalmente para conscientizar os próprios leigos sobre a sua missão, pois “muitos vão à Igreja, mas não são Igreja no dia a dia, no seu ambiente e na sociedade”.

Este ano, o tema é: Cristãos Leigos e Leigas: testemunho e profecia a serviço da vida e o lema: “Eu vos chamei a serviço da justiça” (Is 42,6).

A CNL produziu e disponibilizou gratuitamente dois roteiros de celebração para o Dia do Leigo deste ano, um para adultos e outro para jovens. Para baixar, acesse: https://www.cnlb.org.br/?wpfb_dl=90

A Comissão do Laicato na Arquidiocese de Vitória é composta por:

Apostolado da Oração;

Arautos do Evangelho;

Campanha Mãe Rainha de Schoenstatt;

CHARIS: Renovação Carismática Católica e Novas Comunidades: Epifania, Jesus está vivo, Mensageiros da Boa Nova e Shalom;

Legião de Maria;

Liga Católica Jesus, Maria e José;

Mães que oram pelos filhos;

Movimento dos Cursilhos de Cristandade;

Movimento dos Focolares;

Movimento Sacerdotal Mariano;

Oficinas de Oração e Vida;

Terço dos Homens;

 Sociedade São Vicente de Paulo (Vicentinos).

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
segunda-feira 5 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Segundo Dia Oitavário
terça-feira 6 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Terceiro Dia Oitavário
quarta-feira 7 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quarto Dia Oitavário
quinta-feira 8 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quinto Dia Oitavário
sexta-feira 9 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sexto Dia Oitavário
sábado 10 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sétimo Dia Oitavário
domingo 11 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Oitavo Dia Oitavário
Nenhum evento encontrado!