Mãe: amor, Fé e superação

8 maio, 2021

Um vídeo que tem circulado as redes sociais nos últimos dias e impressionado muita gente é o do pequeno Mateus de 3 anos e 2 meses caminhando pela sala de casa segurando uma cruz, reproduzindo a cena do padre no Cerco de Jericó, que está passando na televisão da sala. A mãe deste menino é a dentista Franciny Rosa Bragança que tem uma história de superação em sua maternidade.

Casada há 13 anos com Eduardo ela conta que sempre na vida quis ser mãe e acredita muito que nenhuma mãe nasce pronta e o aprendizado é na prática com os acertos e erros. Franciny crê que esta é uma jornada muito linda que Deus proporciona as mulheres, sabendo que todo dia é um dia e que “mãe é a melhor coisa do mundo”.

Sobre a sua história como mãe a dentista fala para todos que a perguntam que esta é a maior benção que Deus a deu na vida e que sua trajetória é de muito, muito amor e dedicação, mas também de muita dor, superação, Fé e oração. Franciny é mãe de três filhos: Alícia, Mateus e Miguel. A primogênita partiu deste mundo no ano de 2017, após um quadro infeccioso.

“Alícia com 3 anos e 3 meses, uma criança super sadia, nunca teve nada na vida, de um dia para o outro passou mal e foi parar na UTI. Faleceu de septicemia e foi uma dor muito grande para mim. Nesse momento que minha filha morreu eu estava grávida do Mateus, que é nosso menino de Deus. Eu acredito muito que Deus colocou a mão em mim, na minha família e falou: ‘vamos recomeçar eu estou aqui com vocês’ e nos deu o Mateus que é uma criança muito especial”.

Franciny reforça o significado do nome Mateus que é “presente de Deus” e afirma que ele realmente é um menino de Deus em sua minha vida que em meio a tanta dor e sofrimento, ele veio para recomeçar. Para completar a sua vida, em um domingo Páscoa em meio a pandemia, chegou o Miguelzinho, que hoje tem um ano, comprovando o amor de Deus por sua família.

Todo esse processo de perda e restauração deu um novo sentido para a vida de Franciny e de sua família: “eu sempre tive esse contato com Deus e a gente pedia muito no hospital o milagre da vida vencendo a morte, em relação a minha filha que estava internada, e eu tenho a certeza que Deus operou um milagre, que foi a nossa conversão, da minha família, de mim e do meu marido. Com a despedida da minha filha esse vínculo mais forte com Deus aumentou, também a nossa Fé e a nossa oração. Hoje nossa família é outra”, revela.

A mãe de Mateus acredita que um pouco dessa intimidade do pequeno com Deus é dele próprio, pois é um menino especial. Mas também por ele ter o exemplo dentro de casa, pois eles vivem em oração, assistem as missas pela televisão, escutam muito louvor e a palavra de Deus. Além disso, ela e o marido rezam todas as noites com os filhos, e até mesmo o caçula já se sentiu tocado e segue pelo mesmo caminho.

Amanhã é Dia das Mães e Franciny reafirma o sentido de ser mãe para ela: “é acreditar no profundo amor de Deus para comigo, acreditar que a gente pausa nosso viver pelo outro e em meio a dores e muitos sacrifícios é que eu me vejo como mãe. Esse amor incondicional que tenho pelos meus filhos é o amor que vem de Deus e nesse vinculo que aumenta cada vez mais o amor de Deus conosco”.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quarta-feira 22 setembro
quinta-feira 23 setembro
sábado 25 setembro
domingo 26 setembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por