Mãe: uma herança de Fé

6 maio, 2021

A história dessas devotas iniciou-se há muito tempo. Dona Iveti, matriarca dessa família, relatou que desde criança sempre frequentou a igreja. Ela se recorda dos momentos de oração em família, onde ela e seus irmãos se ajoelhavam ao redor da cama para rezar o terço. Vários são os testemunhos de fé de Dona Iveti. 

Dentre os inúmeros testemunhos, o que mais marcou a vida dela foi quando um de seus filhos nasceu e ele chorava com muita frequência. Dona Iveti relata que esse choro durou aproximadamente três meses após o nascimento da criança. Ele apresentou alguns problemas de saúde e boa parte das pessoas que conheciam a família diziam que ele não sobreviveria. Em um determinado dia, com seu filho desfalecido em seu colo, Dona Iveti levantou os olhos e avistou, da sua casa, o Convento da Penha. Neste momento ela entregou seu filho para Jesus dizendo que poderia levar ele se estivesse nos planos de Deus, mas se isso acontecesse que ela fosse consolada.

Após esse momento de oração Dona Iveti relatou que ouviu Nossa Senhora dizer, claramente, em seu ouvido: “Compre (indicação do medicamento) e dê a ele de seis em seis horas. Uma gota por quilo”. O filho permaneceu sem reagir nos braços da mãe. O marido de Dona Iveti chegou em casa e avistou toda a situação e afirmou que se o menino não melhorasse ele compraria o remédio. No dia seguinte, sem sinais de melhora, Dona Iveti levou seu filho para pesar e relatou que seu esposo, após chegar do trabalho, saiu para comprar o medicamento e retornou às 11h da manhã.

Foi então que às 11h ela ministrou 11 gotas para seu filho de 11Kg. A partir desse momento ela afirmou que suspendeu todos os outros medicamentos. Sempre que havia algum momento de aflição em sua vida, Dona Iveti procurava a ladeira do Convento e subia para rezar. Diante desse e tantos outros exemplos de fé, Márcia, filha de Dona Ivete e mãe de Maria Carolina, afirma que a família tem o hábito de sempre recorrer, primeiramente, à Nossa Senhora. 

Maria Carolina que é consagrada à Nossa Senhora junto com sua mãe, destaca que essa devoção Mariana sempre foi algo muito natural, porque Nossa Senhora sempre existiu como uma figura viva no lar da família. No período de seu casamento, tanto seus familiares como os familiares de seu noivo enfrentavam dificuldades financeiras, porém entregaram tudo nas mãos de Maria, pois tinham a certeza de sua intercessão.

Maria Carolina fez questão de colocar a imagem de Nossa Senhora em seu casamento num local de destaque. Essa mesma imagem, atualmente, está em sua casa e até hoje se faz presente não só nos encontros de oração da família, mas também em momentos marcantes como no batizado de sua filha, Maria Alice. Márcia relatou que sua neta tem dificuldade para dormir, durante a noite, desde o dia que nasceu.

Maria Carolina, por sua vez, aproveitou o momento desta entrevista e afirmou que confia plenamente na intercessão de Nossa Senhora e Maria Alice, conforme era o desejo da família, dormiria uma noite completa. Não importava quanto tempo se passasse, ela iria testemunhar este milagre.  Um dia após o encontro para a produção desta matéria, Maria Carolina encaminhou um áudio dizendo:

“Desde que ela nasceu ela nunca dormiu bem, ela sempre acordou várias vezes e ontem nós fizemos um pedido muito fervoroso a Nossa Senhora […] e estou testemunhando agora, porque Maria Alice teve uma noite incrível e acordou apenas uma vez para mamar, o que é algo normal. Então Nossa Senhora fez o milagre mesmo e eu tenho fé que todas as noites dela serão assim. E eu só tenho a agradecer […]”.

Que o Dia das Mães reacenda a certeza de que temos uma mãe que intercede por nós, em todos os momentos, e sempre se faz presente em nossas vidas. Nossa Senhora da Penha: Rogai por nós!

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

sábado 18 setembro
quarta-feira 22 setembro
quinta-feira 23 setembro
sábado 25 setembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por