Maria: mãe, amor e proteção

13 maio, 2021

Há cinco meses de completar os 40 anos da Paróquia, devotos da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Cobilândia, não poupam testemunhos de fé e ansiedade para as comemorações. Maria Cornachini Nepomuceno, carinhosamente conhecida na paróquia como “Nepo”, relatou que sua história com a paróquia iniciou-se quando ela se mudou de Itaguaçu para a Grande Vitória. Desde o momento que se mudou, sempre participou do círculo bíblico e de algumas atividades em sua comunidade. Porém, sua maior dedicação a missão de servir ocorreu após a sua aposentadoria.

Nepo relatou que nos últimos tempos, devido aos preparativos para os 40 anos, a paróquia tem vivido momentos significativos onde os fiéis podem revisitar a memória e história das comunidades que compõem a paróquia. Todo dia 12 de cada mês há o “Dia de Devoção Mariana Paroquial”. Nepo afirmou que as programações como essa reacendeu ainda mais o fervor, a fé e, acima de tudo, a devoção a Maria.  Tendo Nossa Senhora como seu exemplo de amor, bondade e carinho, Nepo relatou que está na expectativa para saber quais serão as próximas programações e como elas acontecerão, uma vez que ainda estamos em um cenário de pandemia.

Dona Luiza, mãe de Eliane e avó de Lara, contou que Maria entrou em sua vida desde que era criança. Seus pais eram muito devotos e frequentavam a missa todos os domingos. A família também tinha o costume de participar das programações da igreja e Dona Luiza trouxe essa vivência para seus filhos. Ela relatou ainda que Maria sempre foi muito presente em sua vida. Certa vez, seu filho estava consertando o telhado de sua casa e acabou sofrendo um acidente. Ele caiu do telhado em cima da laje.

Ao ouvir o barulho, Dona Luiza se ajoelhou e suplicou ajuda a Nossa Senhora, uma vez que ela não tinha condições físicas para socorrer seu filho. Em poucos instantes apareceu um rapaz no portão perguntando se ela precisava de ajuda. Dona Luiza pediu que ele chamasse os vizinhos e acionasse o resgate. Os vizinhos apareceram e o resgate chegou para fazer o socorro. No outro dia, ela questionou a uma amiga quem era o rapaz que chamou a vizinhança para ajudar seu filho. A vizinha disse que não o conhecia. Ninguém o conhecia na região. A única lembrança que Dona Luiza tem até hoje é que ele usava roupa branca, mas infelizmente ela não recorda os traços daquele rosto.

Eliane, por sua vez, comentou que sempre recorre a Nossa Senhora para todos os momentos de dificuldade. Durante seu relato Eliane se emocionou ao relembrar as diversas vezes que Maria intercedeu por ela. Em uma dessas vezes, Eliane quase sofreu um acidente de moto, mas como em todos os outros momentos, ela sentiu que alguém a protegia, como um abraço de mãe. Algo que ela não sabe dimensionar e, diante disso, o que ela faz para retribuir toda gratidão é servir. 

Lara, filha de Eliane e neta de Dona Luiza, afirmou que sempre teve o desejo de sentir esse amor e proteção de Nossa Senhora, como ouvia de sua mãe e avó. Foi então que durante uma fase adversa em sua vida ela pediu que Maria se fizesse presente. Ela conseguiu enxergar todo amor da Mãe através de uma folha, em forma de coração, que se aproximou dela naquele momento em que ela pedia intercessão.

Hoje, elas possuem o sentimento de que esses 40 anos completará um ciclo de consagração a Maria e mesmo não realizando, quando criança, o sonho de coroar Nossa Senhora, Eliane hoje se sente grata ao ver a filha se colocar a serviço e acima de tudo motivar toda a família para servir. 

Dionízio e Mirian também manifestam sua devoção a Maria e todo dia 12 de cada mês acompanham as missas Marianas, seja presencialmente ou pelas plataformas digitais da paróquia. O casal afirma que seguem ansiosos pelos 40 anos e nutrem em seus corações o amor e carinho por Maria. 

A paróquia mantém, de forma online e presencial, a programação comemorativa e segue rigorosamente todos os protocolos de prevenção e enfrentamento à pandemia.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 24 junho
sábado 26 junho
domingo 27 junho
segunda-feira 28 junho
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por