Movimentos continuam atividades durante pandemia

A Comissão para o Laicato, assim como todas as outras comissões do Departamento de Pastoral da Arquidiocese de Vitória, teve seu calendário de atividades suspenso devido à pandemia do Coronavírus. Para este ano de 2020 estava programado formações, encontros de espiritualidade e reuniões afim de criar um vínculo com os mais de dezesseis Movimentos, Serviços Eclesiais, Novas Comunidades e Associações Laicas. 

De acordo com a leiga consagrada, Dóris Almeida, coordenadora da Comissão para o Laicato na Arquidiocese de Vitória, desde o primeiro decreto do arcebispo, Dom Dario Campos, com a suspensão das missas e atividades presenciais na Igreja para evitar as aglomerações e o contágio do Covid-19, os Movimentos e as Novas Comunidades também passaram por este período de “lockdown” nas suas ações até compreender o que estava acontecendo. 

“Depois de um tempo essas Forças Vivas da nossa Igreja sempre inspiradas pelo Espírito Santo e na criatividade desse mesmo Espírito promoveram diversas atividades online, como lives, orações, novenas. Retomaram as formações comunitárias através das diferentes plataformas, reuniões e até Congresso Nacional. É muito interessante que esses diversos carismas atingiram um público ainda maior, e o outro ponto forte foi que assistência aos irmãos necessitados não parou nesse tempo, como o serviço de distribuição de cestas básicas, leite, material de higiene pessoal e de produtos de limpeza”, destacou.

Apesar da situação de distanciamento social e seguindo as orientações das organizações de saúde, as atividades estão sendo realizadas de forma online e diversos segmentos estão promovendo ações solidárias. O movimento dos Focolares tem assistindo a Fazenda da Esperança que fica localizada no município da Serra, os Arautos do Evangelho estão se adaptando à nova realidade. Com atividades e missas on-lines, estão recolhendo doações para cestas básicas e assistindo inúmeras famílias carentes e também o orfanato Cristo Rei.

Os meios de comunicação, especialmente as redes sociais, tem sido um instrumento de evangelização. A Comunidade Água Viva tem realizado seus encontros em várias plataformas. As lives tem alcançado além do território da Arquidiocese, participação de pessoas de fora do estado e além Brasil. Estão ajudando algumas comunidades carentes, principalmente do Retiro do Congo onde encontra-se a comunidade. 

O serviço da caridade tem sido um trabalho continuo da Comunidade Epifania. Atendendo famílias carentes e cuidando de muitos irmãos e irmãs com HIV/Aids. Eles estão distribuindo mensalmente cestas básicas e kits de limpeza, além de máscaras. A comunidade tem realizado suas atividades de formação e espiritualidade de forma online, enviando áudios de oração por aplicativos e lives através das redes sociais. 

Através das redes sociais, o Apostolado da Oração tem mantido suas reuniões e formações. Com mais de sete mil membros, espalhados em 178 grupos na Arquidiocese de Vitória, os consagrados estão mantendo o seu calendário também de forma virtual. Diariamente acontece um momento oracional pelo facebook e no último mês de junho realizaram uma missa arquidiocesana em honra ao Sagrado Coração de Jesus.

Solidariedade no Movimento do Cursilhos de Cristandade

O Movimento do Cursilho da Cristandade é um trabalho de evangelização através de encontros de formação para homens, mulheres e jovens para despertar a fé cristã assim como alimentá-la nos mais variados momentos da vida do cristão, está presente a 47 anos no território da Arquidiocese de Vitória. Devido ao período de combate ao novo coronavírus, a solidariedade e a união tornaram-se uma das principais ferramentas de combate contra a pandemia.

Inspirados pela Campanha da Fraternidade 2020, que teve como tema: ‘Fraternidade e vida: dom e compromisso’, remetendo à figura de Santa Dulce dos Pobres que exemplificou com a vida a proposta de uma Igreja em saída eles realizaram o projeto, “Decolores! Colorindo o inverno”, uma iniciativa de produzir colchas de inverno de forma colorida através do crochê. 

O representante do Grupo Executivo Diocesano do MCC na Comissão para o Laicato, Luciano Murari, destaca que esta ação é uma iniciativa dos cursilhos de Vila Velha neste período de pandemia. “Mulheres estavam nas suas próprias casas, cada uma fazendo um quadradinho de crochê ou de tricô para depois juntar esses quadradinhos e fazer várias colchas. Essas colchas foram doadas para uma assistente social que fez a distribuição para diversas famílias no Hospital Infantil de Vitória. ”, disse.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
segunda-feira 5 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Segundo Dia Oitavário
terça-feira 6 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Terceiro Dia Oitavário
quarta-feira 7 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quarto Dia Oitavário
quinta-feira 8 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quinto Dia Oitavário
sexta-feira 9 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sexto Dia Oitavário
sábado 10 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sétimo Dia Oitavário
domingo 11 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Oitavo Dia Oitavário
Nenhum evento encontrado!