Novena de Natal: famílias rezam no lar

Na Arquidiocese de Vitória, a Novena de Natal é uma prática de muitos anos nas comunidades eclesiais de base. Ela colabora para que os fieis preparem o seu coração e também a casa para a chegada do Natal. É um tempo forte de oração e também de profunda experiência com a Palavra de Deus. A Novena de Natal é uma prática de grupos e comunidades que se reúnem para rezar e consagrar os últimos dias do Advento a uma imediata preparação para o Natal do Senhor. É uma forma de atualizar o gesto concreto de Maria de visitar Isabel.

Como um caminho frutuoso que as comunidades, as famílias e os grupos puderam adotar durante essa preparação ao Natal do Senhor. Suscitaram muitas reflexões, a integração das famílias, e a unidades de membros das comunidades e paróquias da Arquidiocese de Vitória, além de promoverem gestos concretos de solidariedade.

A Catequese da Comunidade Sagrado Coração de Jesus, na Paróquia Santa Mãe de Deus – Ibes, em Vila Velha houve gestos concretos de solidariedade. A atitude de solidariedade coloca em prática uma das orientações da Novena de Natal elaborada pela Comissão de elaboração dos Círculos Bíblicos, do Departamento de Pastoral. Para vivenciar os nove encontros que refletem sobre o mistério da encarnação e o nascimento de Jesus. Viver a novena em família é ser missionário dentro da própria casa.

A pandemia do novo coronavírus continua impedindo que os grupos se encontrem. Por isso, a Novena de Natal teve que ser adaptada em vários formatos e a forma de reza-la. O Advento, em si, significa o tempo de espera de Alguém ou ‘algo’ que está por vir. Com toda a Igreja, estamos nos preparando para a vinda definitiva de Jesus. Ele voltará, como prometeu.

De acordo com Maria Aparecida Silveira, da paróquia Santo Antônio de Pádua, foi possível perceber que o quanto a vida é preciosa e a vida dos outros também. “Dentro dos protocolos de segurança, não podemos reunir nossos Grupos de Famílias. Mas, daqui de nossa casa, queremos estar em comunhão com nossos familiares, vizinhos e com o mundo todo. E que não podemos viver isolados; pelo contrário, auxiliando-nos mutuamente somos mais fortes! Afinal de contas, somos todos irmãos”, destaca.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
segunda-feira 5 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Segundo Dia Oitavário
terça-feira 6 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Terceiro Dia Oitavário
quarta-feira 7 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quarto Dia Oitavário
quinta-feira 8 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quinto Dia Oitavário
sexta-feira 9 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sexto Dia Oitavário
sábado 10 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sétimo Dia Oitavário
domingo 11 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Oitavo Dia Oitavário
Nenhum evento encontrado!