Novo padre: Alessandro Rebonato

7 agosto, 2021

Dia de festa e alegria, momento de graça para Igreja particular de Vitória que recebeu durante a manhã um novo presbítero. A Catedral Metropolitana de Vitória foi o local escolhido para a missa de ordenação presbiteral do diácono transitório da Arquidiocese de Vitória Alessandro Rebonato. Os ritos começaram às 9h e a cerimônia foi presidida por Dom Dario Campos Arcebispo Metropolitano.

Concelebraram com ele diversos padres da Arquidiocese e também participaram da missa o diácono transitório Ruan Coutinho que também será ordenado padre no próximo dia 28 de agosto e seminaristas do Seminário Nossa Senhora da Penha. Logo após a proclamação do Evangelho começou o rito de admissão do candidato para a ordem do presbiterado e Dom Dario afirmou que ordenar um padre é uma responsabilidade muito grande.

Após este momento inicial, na apresentação do eleito, o Arcebispo perguntou ao padre Jorge Campos, Reitor do Seminário Nossa Senhora da Penha, se o considerava digno e também pediu que a assembleia se também se manifestasse pela aprovação de pé e com uma grande salva de palmas.

Em sua homilia Dom Dario agradeceu a família do padre Alessandro pelo dom de sua vida e afirmou como foi desafiante para ele chegar até este dia. O arcebispo fez uma brincadeira, contando sobre as brincadeiras que ele sofria no seminário no início em que era chamado do vovô e diziam que era “contemporâneo de Moisés e de Melquisedec”. Leia a homilia clicando aqui.

“Agora o que todos esperam de ti é ser um padre de verdade, humilde, piedoso e incentivador incendiado pelo amor de Cristo, amigo de todas as famílias, das crianças, dos jovens, dos pais e dos velhinhos, onde me incluo. Conserve este modo de ser buscando sendo trilhar o caminho de Jesus de Nazaré”, disse Dom Dario.

Dom Dario também afirmou que é essencial que os padres reconheçam o chamado de Deus em suas vidas com o objetivo de que sejam formados e enviados: “Caro diácono você foi nesse caminho do discipulado e que você sempre esteja atento a voz do senhor. Todos nós somos chamados a permanecermos unidos ao Senhor”.

Ao final da reflexão Dom Dario destacou o tempo de pandemia que vivemos e que tantos irmãos e irmãs se encontram desolados, sem saber por onde ir e orientou: “Saber ouvir e escutar. Nossa sociedade ainda está marcada pela violência e pela exclusão e mais do que nunca precisamos de homens e mulheres marcados pelo gesto divino. Que o seu ministério seja marcado pelo cuidado e compaixão do Bom Pastor pelos mais pobres e excluídos. E que a virgem da Penha sempre interceda por você meu irmão Alessandro, junto do seu filho Jesus Cristo”.

O momento em que, ordenado presbítero, padre Alessandro recebeu os paramentos litúrgicos, sinais pelos quais se reveste de Cristo, foi de muita emoção. As vestes foram levadas ao altar pelos seus pais Deuzilio Rebonato e Maria da Conceição Rebonato e sob muita emoção e lágrimas foi vestido pelo vestido padre Diego Azevedo, que é Vigário paroquial na Catedral de Vitória.

Padre Diego Carvalho falou como representante dos presbíteros da Arquidiocese de Vitória dando boas-vindas ao padre Alessandro. Ele destacou o tempo de Deus não é o tempo do mundo: “Nessa manhã presenciamos o cumprir de Deus na sua vida sua ordenação é motivo de alegria para nós e alegria para o povo de Deus. Agradecemos a Deus pois tudo aconteceu no tempo dele. Seja bem-vindo entre nós para servir o povo de Deus, sua vocação é motivo de alegria e júbilo para a Igreja”.

Ao final da missa de ordenação presbiteral as sobrinhas de padre Alessandro entraram pelo corredor da Catedral com rosas que foram oferecidas para Nossa Senhora como uma forma de homenagem feita pelo recém-ordenado. A equipe de música entoava o canto “Te coroamos” e simbolicamente padre Alessandro corou a imagem de Nossa Senhora.

Na mensagem de agradecimento o neo-presbítero lembrou das paróquias onde fez estágio pastoral: paróquia da Ressurreição; Paróquia São Camilo de Léllis; Paróquia Bom Pastor, em Vila Velha e a sua paróquia de origem, a Paróquia Virgem Maria em Itacibá. Também destacou a experiência missionária vivida na Diocese de Santíssima Conceição do Araguaia, no estado Pará, no início deste ano.

As primeiras missas do padre Alessandro serão:

Paróquia Virgem Maria – Cariacica

Domingo – 08 de agosto – às 10h

Paróquia Bom Pastor – Vila Velha

Domingo – 08 de agosto – às 19h30

Paróquia São Camilo de Lellis – Vitória

Segunda-feira – 09 de agosto – às 19h30

Paróquia da Ressurreição – Vitória

Terça-feira – 10 de agosto – às 19h30

Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora da Penha

Quarta-feira – 11 de agosto – às 17h

Casa de Formação Bom Pastor

Quinta-feira – 12 de agosto – às 18h.

 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

domingo 3 julho
terça-feira 5 julho
quarta-feira 6 julho
quinta-feira 7 julho
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por