Núncio Apostólico do Brasil visitará Arquidiocese de Vitória

23 março, 2022

O Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giambattista Diquattro, vai visitar a Arquidiocese de Vitória no próximo domingo (27). É a sua primeira visita a Arquidiocese, desde que foi nomeado pelo Papa Francisco para a missão.

Ele desembarca no domingo, por volta das 14 horas, e às 18h, presidirá a missa na Catedral de Vitória. Na segunda (28), Dom Giambattista presidirá a missa no CECATES, logo após conhecerá a sede do Regional Leste 3.

A Arquidiocese de Vitória convida todos os fiéis para a missa na Catedral, e recepcionar Dom Giambattista Diquattro. A cerimônia também será transmitida pela Rádio América.

Dom Giambattista Diquattro foi nomeado Núncio Apostólico no Brasil pelo Papa Francisco no dia 29 de agosto de 2020 e iniciou sua missão no país em 7 de janeiro de 2021.

O Núncio nasceu em Bolonha, Emília-Romanha, Itália, em 18 de março de 1954. É arcebispo, diplomata, teólogo e canonista. Foi ordenado sacerdote em 1981. É mestre em Direito Civil na Universidade de Catânia e doutor em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma. Também é mestre em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma.

Entrou para o Serviço Diplomático da Santa Sé em 1º de maio de 1985, e serviu em missões diplomáticas nas representações pontifícias na República Centro-Africana, República Democrática do Congo e Chade, nas Nações Unidas em Nova York, e, mais tarde, na Secretaria de Estado do Vaticano e na Nunciatura Apostólica na Itália. O Papa João Paulo II o nomeou Núncio Apostólico no Panamá, em 2 de abril de 2005. Bento XVI o nomeou Núncio Apostólico na Bolívia, em 21 de novembro de 2008, e, em 21 de janeiro de 2017, o Papa Francisco o nomeou Núncio Apostólico na Índia e no Nepal.

Missão

O Núncio Apostólico tem dupla missão em um país.

A primeira consiste em representar o Romano Pontífice (Papa Francisco) e a Santa Sé, diante da República Federativa do Brasil, onde, tendo status de embaixador, ele é o decano do Corpo Diplomático junto ao governo, isto é, ele sempre será o encarregado de transmitir à Presidência da República as inquietações da comunidade internacional com a referida nação.

A segunda é de caráter pastoral, cuja tarefa é transmitir as mensagens do Santo Padre para todas as dioceses do Brasil. Ele também é responsável para indicar ao Papa a nomeação dos bispos. Normalmente, reside na Nunciatura Apostólica, que goza dos mesmos privilégios e imunidades que uma embaixada.

 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 29 setembro
sexta-feira 30 setembro
sábado 1 outubro
Nenhum evento encontrado!

Facebook