O Papa vai ao Cazaquistão

23 agosto, 2022

A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou o logotipo e o lema da visita de Francisco ao país da Ásia Central de 13 a 15 de setembro. Uma pomba com um ramo de oliveira simboliza a paz que, junto com a unidade, serão os temas centrais. A matéria foi publicada no site do Vaticano.

O sétimo Congresso de Líderes de Religiões Mundiais e Tradicionais que se realizará, em Nur-Sultan, capital do Cazaquistão, nos dias 14 e 15 de setembro próximo, será a ocasião da viagem do Papa Francisco ao país da Ásia Central que terá início em 13 de setembro. “Mensageiros de paz e de unidade” é o lema dessa viagem do Pontífice. A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou, nesta terça-feira (23/08), num comunicado, as palavras-chave da visita junto com o logotipo oficial que acompanha a imagem com uma descrição detalhada.

Ouça e compartilhe

A descrição do Logotipo

No centro, uma pomba com um ramo de oliveira. “As asas”, lê-se na descrição, “são representadas por duas mãos unidas, simbolizando as dos mensageiros da paz e da unidade. O coração, dentro das asas, representa o amor, fruto da compreensão recíproca, da cooperação e do diálogo”. O ramo de oliveira estilizado é representado por “uma imagem ornamental típica cazaque”.

“No fundo da imagem”, continua a nota, “um ‘shanyrak’ de cor azul claro, um elemento da casa tradicional do povo cazaque, ‘o iurte’, e, dentro, uma cruz amarela. As cores utilizadas, azul claro e amarelo, são as mesmas da bandeira do Cazaquistão; amarelo e branco, as da bandeira do Vaticano. O verde do galho simboliza a esperança. O lema da viagem, “Mensageiros de Paz e de Unidade”, foi colocado no alto em língua cazaque, e, embaixo, em língua russa”.

Síntese do programa da viagem

Serão três dias intensos na esteira do diálogo entre as religiões os dias que o Papa Francisco passará na capital Nur Sultan: em 13 de setembro, a chegada ao aeroporto para a acolhida oficial às 17h45 locais, ao final de mais de 6 horas de voo. Após a cerimônia de boas-vindas, haverá a visita de cortesia ao Presidente da República, Kassim-Jomart Tokayev, e um encontro com as autoridades, sociedade civil e o corpo diplomático. A quarta-feira, 14 de setembro, começará com um momento de oração em silêncio, no Palácio da Paz e da Reconciliação, junto com os líderes religiosos que participam do Congresso. Na abertura da sessão plenária do evento, Francisco fará um discurso, e à tarde estará na Praça da Expo para a celebração da missa. No dia seguinte, o Papa se reunirá em particular com os confrades da Companhia de Jesus, depois se encontrará com os bispos, sacerdotes, diáconos, consagrados, seminaristas e agentes pastorais. Francisco fará o último discurso dessa viagem no Palácio da Paz e da Reconciliação, onde no início da tarde será lida a Declaração Final no encerramento do Congresso. O Papa partirá do Cazaquistão às 16h45 e a chegada a Roma está prevista para às 20h15.

Compartilhe:

VÍDEOS

domingo 11 junho
segunda-feira 12 junho
terça-feira 13 junho
segunda-feira 19 junho
Nenhum evento encontrado!

Facebook