Padre Ermindo celebra jubileu de prata

28 abril, 2021

Em 05 maio de 1996, padre Ermindo Rapozo de Assis, foi ordenado presbítero para a Arquidiocese de Vitória e daqui a alguns dias estará comemorando o seu jubileu de prata, ou seja, os seus 25 anos de dedicação ao evangelho. O sacerdote está como Pároco da paróquia São José, em Guarapari, desde o dia 16/10/2018, mas após sua ordenação já exerceu diversas funções.

Padre Ermindo já foi Notário do Tribunal Eclesiástico, Professor no Instituto de Pastoral de Vitória (IPAV); Vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Guarapari; Pároco da Paróquia Imaculada Conceição – Alfredo Chaves; Membro do Conselho Presbiteral; Pároco da Paróquia da Virgem Maria – Itacibá; Primeiro Pároco Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz – Santa Maria de Jetibá e coordenador da Área Pastoral Serrana. Também já foi pároco da Paróquia do Sagrado coração de Jesus – Itaquari e Coordenador da Área Pastoral Cariacica/Viana.

Em uma carta dirigida aos fiéis, padre Ermindo afirma que no meio de uma pandemia rende graças a Deus pelos sessenta anos de vida, pelo seu ministério ordenado e pela vacina que é sinal de vida entre nós filhos e filhas de Deus. Além disso ele destaca que ser padre aos olhos do mundo pode parecer loucura ou uma vida sem muito esforço com privilégios e mordomias. Quem busca a vocação sacerdotal precisa responder a muitas perguntas, e a principal delas deve ser: “Estou disposto a deixar tudo e seguir o mestre Jesus? ”.

“Ser padre não pode ser um privilégio, mas sim uma entrega total a graça de Deus. Sou muito agradecido a Deus pelo dom de meu ministério presbiteral. Quero renovar sempre a minha consagração a Deus e minha obediência à Igreja de Jesus Cristo na pessoa de nosso pastor, Dom Dario Campos, arcebispo metropolitano de Vitória ES. Hoje, eu continuo respondendo: “Quero com a graça de Deus”. Reconheço minhas muitas limitações como pessoa e como Padre, sei que sou um vaso de barro.  Por isso precisa muito da força do Espírito Santo, das orações do Povo de Deus e o apoio de minha família. O tesouro da graça de Deus está comigo e preciso levar este dom aos meus irmãos e irmãos de comunidade e a todos os povos”.

A comemoração desta data tão importante será com uma missa celebrada no próximo sábado, dia 01/05, às 10:00, presidida por padre Ermindo e concelebrada por padres que são seus amigos. A celebração eucarística terá presença de 1 representante de cada comunidade e será transmitida pelo Facebook e pelo Youtube da paróquia São José, em Guarapari. Os cânticos serão por conta dos Seminaristas.

    

Ainda dentro das festividades do jubileu de prata sacerdotal, padre Ermindo, durante o mês de maio vai presidir missas nas paróquias por onde ele já passou. Confira o cronograma:

Alfredo Chaves – ES 

02/05/2021 – 07:30 h – Matriz Nossa Senhora da Conceição –

Sta. Maria Jetibá – ES 

06/05/2021 – 19:00 h – Paróquia Rainha da Paz

Cariacica – ES

02/05/2021 – 19:00 h – Matriz Imaculada Conceição – Itacibá

03/05/2021 – 07:00 h – Carmelo de Nazaré –  Tabajara

05/05/2021 – 19:00 h – Paróquia Bom Jesus – Novo Horizonte

07/05/2021 – 19:00 h – Paróquia Sagrado Coração de Jesus –  Itaquari

 

Leia abaixo a carta completa escrita pelo sacerdote.

25 anos de Ordenação Presbiteral

Estou celebrando meu Jubileu de Prata, pois no dia 05 maio de 1996 as 16h00 fui ordenado presbítero para a Arquidiocese de Vitória. No meio de uma pandemia rendo graças a Deus pelos sessenta anos de vida, pelo meu ministério ordenado e pela vacina que é sinal de vida entre nós filhos e filhas de Deus.

Ser padre aos olhos do mundo pode parecer loucura ou uma vida sem muito esforço com privilégios e mordomias. Quem busca a vocação sacerdotal precisa responder a muitas perguntas, e a principal delas deve ser: “Estou disposto a deixar tudo e seguir o mestre Jesus?” Ser padre não pode ser um privilégio, mas sim uma entrega total a graça de Deus. Sou muito agradecido a Deus pelo dom de meu ministério presbiteral. Quero renovar sempre a minha consagração a Deus e minha obediência à Igreja de Jesus Cristo na pessoa de nosso pastor, Dom Dario Campos, arcebispo metropolitano de Vitória ES. Hoje, eu continuo respondendo: “Quero com a graça de Deus”. Reconheço minhas muitas limitações como pessoa e como Padre, sei que sou um vaso de barro.  Por isso precisa muito da força do Espírito santo, das orações do Povo de Deus e o apoio de minha família. O tesouro da graça de Deus está comigo e preciso levar este dom aos meus irmãos e irmãos de comunidade e a todos os povos.

Depois de vinte e cinco anos de ordenação, vem a lembrança vários colegas do Seminário que encontraram outro caminho. Alguns são professores, médicos, advogados ou exercendo outro ofício; muitos estão casados, outros foram ordenados padres aqui na Arquidiocese de Vitória e outras dioceses. Alguns continuam na Congregação dos Sacramentinos de Nossa Senhora.

Eu, pessoalmente, agradeço muito aos padres que me acolheram no Seminário e ao inesquecível Dom Silvestre Luiz Scandian por ter me ordenado presbítero da Arquidiocese.  Apesar de minhas limitações, percebo que a graça de Deus nunca me abandonou, mesmo nos momentos de fraqueza.

Como Padre exerci várias funções na nossa Arquidiocese de Vitória: Notário do Tribunal Eclesiástico, Professor no Instituto de Pastoral de Vitória (IPAV), Vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Guarapari, Pároco da Paróquia Imaculada Conceição – Alfredo Chaves. Membro do Conselho Presbiteral, Pároco da Paróquia da Virgem Maria – Itacibá;  primeiro Pároco Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz – Santa Maria de Jetibá, coordenador da Área Pastoral Serrana, Pároco  da Paróquia do Sagrado coração de Jesus – Itaquari. Coordenador da Área Pastoral de Cariacica/Viana e Pároco Paróquia de São José – Guarapari. Graças a Deus e à intercessão de Nossa Senhora fui aprendendo a ser padre com o povo de nossas comunidades eclesiais.

Atualmente estamos no governo pastoral de Dom Dario Campos, que veio trazendo o seu jeito alegre de um autêntico franciscano. Assim continuamos nossa missão de levar a Palavra de Deus a todos os recantos de nossa Arquidiocese de Vitória, sem esquecer que somos missionários por vocação. Se a igreja   precisa, não podemos ficar acomodados, é o próprio Cristo que diz: “Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura…” (Mc 16,15).

Obrigado, Senhor da Messe, que continua enviando novos operários para trabalhar na construção do teu reino. Somos teus servos, Senhor, ajuda-nos na missão de pastores do teu rebanho. Olha para nossos seminaristas, dá a eles o dom da perseverança na vocação. Desperta no coração de muitos jovens o desejo de servir a Deus em nossas comunidades eclesiais, seja como padres, diáconos ou leigos. Somos tuas ovelhas e necessitamos sempre de tua graça.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado. Amém.

Agradecido, Padre Ermindo Rapozo de Assis

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 24 junho
sábado 26 junho
domingo 27 junho
segunda-feira 28 junho
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por