Pastoral do Dízimo da Paróquia São Pedro Apóstolo

30 setembro, 2022

“Sereis minhas testemunhas” (Lc 1,52-53)

A Pastoral do Dízimo da Paróquia São Pedro Apóstolo, em Conquista, Grande São Pedro, realizou no dia 24 de setembro a sua Assembleia Anual, com os Agentes da Pastoral do Dizimo, com o intuito de avaliarem a retomada “pós-pandêmica” junto às comunidades eclesiais de base da região.

A dinâmica adotada pela coordenação geral foi de enviar formulários às coordenações comunitárias para, tal qual a um sínodo, ouví-los e situá-los desse sentimento de pertença e participação que deve conduzir todo e qualquer serviço pastoral. O Coordenador da Pastoral, Gustavo de Oliveira Gervásio, foi quem assessorou e juntamente aos presentes refletiu que o Mês Temático Arquidiocesano do Dízimo reforçou seu sentido de vocação e de discípulo-missionário. Pontuou-se, ainda, que no Planejamento Pastoral há a proposição de trabalha-lo e dinamizá-lo todos os meses, não somente em julho. No entanto, no supracitado mês, as comunidades acolheram o chamado e com muita criatividade, realizaram teatro, confeccionaram cartazes, fizeram sorteios e visitas aos “afastados” da comunidade. Sendo que uma das que responderam pontuaram que às vezes vão até as casas das pessoas mais idosas ou enfermas que não podem ir à comunidade. Cabe ressaltar a Pastoral de Conjunto, quando uma comunidade disserta que sempre aproveita pistas da Liturgia e que durante o mês temático, apresentam teatro com a catequese, dinâmicas com os dizimistas no momento da Partilha/Apresentação das Oferendas, colocando o nome na árvore e informando em todas as celebrações.

Dentre outras reflexões, avaliou-se o Mês Missionário do Dízimo, que tinha o propósito de durante 45 dias (01 de maio a 12 de junho) visitar os fiéis das 12 comunidades que compõe a paróquia. Daquelas que fizeram, houve um bom retorno quanto “a ida da igreja” aos irmãos fiéis que “afastaram-se” das comunidades, tendo relatos que houve alguns retornos e novos dizimistas. Além disso, o cuidado de ir ao encontro do outro e ouví-lo, além dos testemunhos foram momentos muito emocionantes.

Por fim, o assessor pontuou a missão de cada batizado para que esse serviço seja saudável, enfatizando sempre o bem-estar do fiel e, “falando com sabedoria e ensinando com amor” (Pr 31,26) para que construamos “pontes que unam e não muros que separam”. Enfatizar esse cuidado e oração com o outro é nossa vocação. A assembleia do Dízimo foi um momento importante para o processo de escuta paroquial.

Por Pascom da paróquia São Pedro Apóstolo

Compartilhe:

VÍDEOS

terça-feira 29 novembro
quarta-feira 30 novembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook