Pe. Fernando: dedicação e amor pela missão

25 junho, 2021

Nessa semana, no dia 21 de junho, a Arquidiocese de Vitória sofreu a perda precoce de um de seus sacerdotes – Padre Fernando Antônio Silva de Souza, pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Jucutuquara. Internado desde o dia 03 de junho, padre Fernando completou 37 anos no último dia 12, mas não resistiu às complicações decorrentes da COVID 19.

Atualmente, estava como Coordenador da Comissão Bíblico-Catequética da Arquidiocese de Vitória e como Coordenador da área Pastoral de Vitória, atividades que desempenhava com particular entusiasmo, alegria e muita competência. Ordenado padre em 04 de fevereiro de 2017, atuou como vigário e administrador paroquial no município da Serra até assumir, em outubro de  2018, a atual paróquia, em Jucutuquara, Vitória.

A Paróquia Nossa Senhora das Graças, em questão, vinha de um histórico de 40 anos sob a administração da Congregação Salesiana e, a partir daquele momento, voltava a ser uma Paróquia Arquidiocesana. Com sua juventude e vitalidade, Padre Fernando teve o papel  fundamental de alinhar esse novo momento junto aos paroquianos e pastorais, conforme destaca Paulo Roberto Jussim Junior, coordenador dos ministros da palavra: “Padre Fernando, foi um sopro de esperança em nossa Paróquia, para que resgatássemos o fervor nas atividades pastorais, espiritualidade e união entre nossas comunidades. Assim como Moisés, ele iniciou esse projeto e como fez bem a todos nós! Agora vamos continuar como povo de Deus, porém, mais unidos e orantes, pois esse também foi um legado que nos deixou”.

Essa opinião também é compartilhada por Thereza Souza, que destaca o acolhimento sentido por ela desde o primeiro momento de sua chegada. “Padre Fernando foi um pastor de descobertas, de mudanças, de ouvidos atentos e de orientações. Padre acolhedor, que chegou de mansinho e conquistou a todos com sua simplicidade,  seu coração enorme, reconhecimento pelas pessoas e consideração. Sei que hoje a dor é muito grande por sua perda inesperada, mas a única certeza que nos consola é que teremos mais um intercessor ao lado do Pai. Aqui ficam as saudades, lembranças e agradecimento pelo padre e pessoa que ele foi em nosso meio e para nós”, destacou Thereza.

Com muito carisma, temperança e simplicidade, Padre Fernando deixou amigos por onde passou. “Padre Fernando foi um anjo em nossa paróquia! Desde que chegou, com seu jeito calmo, sereno e sorriso largo, contagiou a todos! Teve grande importância no meu desenvolvimento como pessoa e no meu servir na Igreja! Estará eternamente marcado em nossas vidas”, testemunha Luis Felipe Veneroni, coordenador paroquial do movimento Encontro de Casais com Cristo.

Para Julimar França, coordenadora paroquial da pastoral da AIDS, a chegada dele representou uma nova caminhada na sua vida espiritual. “Foi em 2019 que por necessidade buscava um padre para ser o meu orientador espiritual, busquei-o e como sempre com seu belo sorriso disse que eu fora a primeira pessoa a procurá-lo com essa demanda e que tentaria está à altura das minhas expectativas. Desde então de dois em dois meses sentava com ele para conversar sobre meus sentimentos, dúvidas e as demandas para meu fortalecimento espiritual, explicou Julimar.

Sempre inquieto e ávido por uma Igreja em movimento, ao chegar em Jucutuquara, padre Fernando iniciou a Pastoral da Comunicação (PASCOM), integrando cada vez mais o diálogo e a versatilidade. Em 2020, no início da pandemia, não poupou esforços para investir em aparatos tecnológicos de modo que e a Paróquia pudesse romper as barreiras físicas e alcançasse virtualmente cada vez mais fiéis. “Um padre que sabia dialogar com todas as esferas da comunidade. Com o dom da musicalidade, alcançava nossos corações por meio de canções e orações. Ultrapassou a timidez de frente às câmeras para emplacar diversos projetos de lives culturais e catequéticas, trazendo todos para perto num momento em que o isolamento social nos tentava a esfriar os corações. Ele entusiasmava a todos nós!”, exalta Paola Bernardi, coordenadora da PASCOM.

Sem dúvidas, todos os paroquianos gostariam de ter extraído ao máximo o seu tempo de serviço e pastoreio, como destaca George Gonçalves, coordenador paroquial dos músicos. “Padre Fernando foi alguém muito especial para nós! Tinha uma alma leve, sempre brincalhão e com um sorriso muito envolvente. Com sua voz mansa e educada, envolveu toda nossa família na missão paroquial. Era um padre acessível, que gostava de se fazer presente nas nossas vidas e permitia que fizéssemos parte da dele. Um  diretor espiritual, que sabia ser pai e também filho. Seus ensinamentos estarão sempre vivos em nossos corações. Sentiremos muita saudades!”, enfatizou George.

Sua passagem neste mundo foi mais rápida do que se podia prever, mas de uma profundidade inigualável. Por onde passou, marcou vidas e fez história. Seu legado será lembrado por tantos que tiveram a alegria de tê-lo por perto. Descanse em paz, Padre Fernando.

 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 29 julho
sábado 31 julho
domingo 1 agosto
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por