Quarta solidária, prática de fazer o bem

7 julho, 2020

O Papa Francisco vem sempre enfatizando em seus discursos a importância da missionariedade do cristão. As inúmeras ações sociais promovidas pelos grupos espalhados nas comunidades e paróquias da Arquidiocese de Vitória traduzem a esperança de melhores perspectivas de vida nas famílias assistidas. 

Neste mês de julho, voluntários da ação “Quarta Solidária” da comunidade católica Santa Luzia, da paróquia São Francisco de Assis, em São Francisco – Cariacica, celebram três anos do projeto que distribui refeições aos pacientes no Pronto-Atendimento de Alto Laje, em Cariacica, e também a população em situação de rua. 

O projeto “Quarta Solidária”, foi iniciado no ano de 2017 com um pequeno grupo de fieis da comunidade e que se estendeu para outros colaboradores que não são católicos. A cada quarta-feira eles promovem um momento de atenção, afeto e cuidado com os mais necessitados. Muitos que usam o PA de Alto Laje não têm condições de adquirir um lanche enquanto aguardam atendimento ou estejam acompanhando um paciente, permaneceriam em jejum se não fosse a iniciativa desses fieis. 

De acordo com o padre Odésio Costa, pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em São Francisco – Cariacica, a ação solidária nasce do coração de pessoas que desejam ajudar o próximo. “Surge basicamente do desejo do coração de algumas pessoas de ajudar, ajudar o próximo. Ajudar aquelas pessoas que estão precisando naquele momento do alimento, estão ali no posto de saúde, em frente ao hospital e não tem recursos para se alimentar”, relatou.

Para o padre, a Quarta Solidária, além de garantir uma alimentação para os mais necessitados, tem a missão de colocar o evangelho em prática. “É muito gratificante com certeza, porque a gente sabe que a palavra de Deus nasce na prática. São pessoas que escutam a palavra de Deus e colocam essa palavra em prática, mesmo que seja de forma simples, em levar um dia por semana esses alimentos. ”, afirmou. 

A coordenadora do projeto, Nircilene da Cruz Vieira conta que o foco do projeto inicialmente eram os pacientes que estavam esperando no pronto-atendimento de Alto Lage, mas agora também tem sido entregar marmitas para os moradores em situação de rua. “Durante uma noite muito fria nós sentamos e conversamos para poder estar fazendo algo para ajudar esses moradores. Daí nós tomamos atitude de ir para o supermercado, comprar os legumes, os ingredientes e confeccionar a sopa”, explicou. 

Kombi solidária

A partir das idas ao pronto-atendimento a coordenadora do projeto percebeu que na região existiam muitos moradores em situação de rua. E, já era um desejo do grupo expandir essa solidariedade aos mais vulneráveis. Vendo a inspiração do grupo e o apelo que era feito aos finais de semana nas celebrações, um casal de voluntários doou uma Kombi reformada para que o projeto pudesse também distribuir refeições para essa população em vulnerabilidade social as margens da BR-262.

“Na igreja sempre estávamos avisando para que quem tivesse carro colaborasse para servir todas as quartas-feiras. Um belo dia um dos nossos participantes da nossa comunidade nos ofereceu a Kombi que ia reformá-la e nos presentear e a gente ficou esperando já tem mais de um ano e graças a Deus nós fomos contemplados”, afirmou Joana da Cruz – voluntária do projeto.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

segunda-feira 18 outubro
terça-feira 19 outubro
quarta-feira 20 outubro
segunda-feira 25 outubro
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por